terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Dirigentes da FMP/Fase se reúnem com prefeito de Petrópolis para apresentar projetos de integração com o sistema público de saúde

Os dirigentes da Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) se reuniram com o atual prefeito de Petrópolis, Bernardo Rossi, para apresentar as ações desenvolvidas pela instituição junto à rede pública de saúde e garantir a parceria com o governo municipal para a continuidade dos projetos. O encontro ocorreu nessa segunda-feira(30), no campus da faculdade.

A supervisora geral da FMP/Fase, Maria Isabel de Sá Earp de Resende Chaves, falou sobre o prédio que está sendo construído no terreno do Ambulatório-Escola, em Nova Cascatinha, que abrigará 52 consultórios odontológicos e ampliará o atendimento em diversas especialidades. Também será construída, na região, uma Unidade de Saúde Mental que receberá os casos encaminhados pelas Unidades de Saúde da Família mantidas pela instituição e pela prefeitura.

“A nossa reunião com o governo municipal foi muito produtiva. O prefeito ficou bastante entusiasmado com os projetos de expansão da Fase, não só os projetos de crescimento acadêmico internos nossos, como o Centro de Terapia Celular, como também os projetos específicos na área da saúde, como o nosso novo prédio do Ambulatório-Escola, que agora vai abrigar novos serviços que vão beneficiar a população”, revela Maria Isabel.

Por ser uma instituição com foco no ensino aliado ao serviço, a FMP/Fase realiza constantes investimentos no setor público de saúde do município, garantindo assim uma educação de qualidade para seus alunos e a ampliação da oferta de serviços do setor em benefício da população. Desde 2008, a faculdade investiu no Hospital de Ensino Alcides Carneiro R$ 8 milhões em infraestrutura e equipamentos.

“Eu sempre tive uma boa relação com a Fase e sempre tive uma boa impressão também. Vai ao encontro do que esse novo governo quer. Aproveitar parcerias de pessoas que querem contribuir com a cidade. A Fase me passou números que eu já sabia. Eu já tinha noção da magnitude, e a gente confirma esses números, tanto de geração de empregos, de atendimento, mas também de recursos que ficam na cidade, desde alunos que vêm pra cá. Falamos de projetos que são muitos importantes. Tenho certeza de que é uma parceria que tem tudo para dar certo”, garante o prefeito de Petrópolis, Bernardo Rossi.

A Faculdade de Medicina de Petrópolis completa 50 anos em 2017. Juntas, FMP e Fase mantém o conceito institucional máximo atribuído pelo MEC, sendo avaliadas com nota 5. São oferecidos cursos de graduação, pós-graduação Lato Sensu, Programas de Residência Médica e Muntiprofissional, assim como cursos de extensão em diversas áreas do conhecimento. A FMP/Fase ainda investe na área de pesquisa, desenvolvendo importantes projetos em parceria com organizações nacionais e internacionais. 


Ao centro, Maria Isabel de Sá Earp, supervisora geral da FMP/Fase. À direita, prefeito de Petrópolis, Bernardo Rossi, seguido pelo vice-prefeito, Baninho, o secretário de saúde, Silmar Fontes e o diretor financeiro da FMP/Fase, Afonso Chaves. Do outro lado, à esquerda da supervisora geral da FMP/Fase, encontra-se o  vereador, Paulo Igor, seguido pelo diretor da FMP, Paulo Cesar, Ricardo Tammela, coordenador de Projetos e Extensão da FMP/Fase, Abílio Aranha, coordenador geral de ensino da FMP/Fase e Miguel Koury, coordenador dos Programas de Residência Médica da FMP/Fase. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis