quarta-feira, 7 de junho de 2017

Experiência acadêmica leva alunas de Medicina da FMP/Fase à Conferência no Canadá


Alunas do sexto ano de Medicina da FMP/Fase desenvolveram um projeto de prevenção quaternária utilizando os princípios da Medicina Baseada em Evidências, sob orientação do médico da Unidade de Saúde da Família do bairro Machado Fagundes, Régis Vieira. O relato da experiência foi aprovado para apresentação na Conferência Internacional de Prevenção ao Overdiagnosis, promovida pela Universidade de Oxford, que será realizada entre os dias 17 e 19 de agosto, no Canadá.
 
A prevenção quaternária consiste em um conjunto de ações para prevenir os danos à saúde do paciente, decorrentes de intervenções de profissionais da saúde em excesso, como o exagero na prescrição de medicamentos. “A Atenção Primária é um cenário rico à pesquisa e a equipe da Unidade de Saúde da Família Machado Fagundes convida a todos os alunos da FMP/Fase para desenvolverem seus projetos conosco, pois acreditamos na transformação promovida pela pesquisa”, ressalta o médico, Régis Vieira.
 
As alunas também acabam de participar do 7º Congresso Brasileiro Pediátrico de Endocrinologia e Metabologia (Cobrapem), ocorrido entre 31 de maio e 3 de junho, no Rio de Janeiro, com outro trabalho desenvolvido na Unidade. Elas apresentaram um relato de caso sobre uma doença rara, a “Feocromocitoma”, espécie de tumor que aparece no tecido de algumas glândulas.
 
 
Da esquerda para a direita: as alunas Giuliana Gatto, Aline Vidal, Ludmilla Rebouças e Cristina Melgaço, e o médico Régis Vieira, ao centro. 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis