segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Programação da Semana de 17 a 23 de setembro de 2017



 
PROGRAMAS PRODUZIDOS PELA FASE TV:



Programa EM QUESTÃO
Tema: Síndrome Metabólica
O metabolismo é o processo de transformar alimento em energia. Isso acontece o tempo todo no nosso corpo. E a gente nem se dá conta se tudo está funcionando bem. Mas nem sempre é assim. Maus hábitos podem afetar em cheio esse mecanismo. A dieta atual de boa parte população, pobre em nutrientes e fibras e recheada de doces, gorduras e produtos industrializados é um exemplo disso. O excesso de açúcar gera picos de glicose. Para tentar manter a situação sob controle, o pâncreas é obrigado a produzir mais insulina. Até o momento em que esse tentativa de compensação vai além da capacidade do organismo e começamos a adoecer. O programa tem como convidada a Nutricionista Sofia Uehara, doutora em Ciências Nutricionais pela UFRJ, que desenvolveu pesquisas sobre a Síndrome Metabólica. Em Questão: Domingo, 21h Segunda, 15h Terça, 20h Quarta, 18h Quinta, 12h Sexta, 9h e 21h Sábado, 12h e 18h

Programa ARTE & CULTURA
Tema: Fotógrafos Solidários: Imagens que mudam destinos
Histórias que se cruzam em prol de algo maior. Assim foi o encontro de Noilton Pereira, Arlene Melo e Luiz Henrique Gomes. Através do projeto Fotógrafos Solidários, eles levaram para o Rio de Janeiro a realidade do lixão de Ruy Barbosa, no interior da Bahia. Autodidata, Noilton – o fotógrafo do sertão - utiliza seu ofício como forma de chamar a atenção para os problemas sociais da comunidade. A Expedição Ruy Barbosa retrata ao mesmo tempo a beleza crua da região e as dificuldades vividas pela população sertaneja. Um trabalho de formiguinha, de extrema sensibilidade, que aos poucos vai ganhando visibilidade e padrinhos para as famílias da comunidade.
Arte & Cultura – Domingo, 12h e 18h Segunda, 18h Terça, 9h e 21h Quarta, 15h Quinta, 20h Sexta, 18h Sábado, 9h e 21h

Programa MINUTO FASE Tema: Conferência de Saúde 2017
A FMP/Fase recebeu a 14ª Conferência Municipal de Saúde. O tema do evento foi: "Em defesa do SUS: a importância da saúde pública de qualidade." De acordo com os organizadores, o atual cenário da saúde em Petrópolis não é diferente do restante do país. Entre os problemas, faltam investimentos. A participação da sociedade civil na definição de prioridades e caminhos a serem seguidos é tida como fundamental. Por isso, uma das estratégias é a realização de pré-conferências. A FMP/Fase acredita na construção coletiva da saúde pública. Por isso, além de sediar a conferência e de participar do Conselho do Município, tem a Atenção Básica como principal foco na educação para a saúde. Durante sua formação, os alunos atuam em diferentes setores da rede pública: das Unidades de Saúde da Família ao Hospital de Ensino Alcides Carneiro.
Minuto Fase: Nos intervalos, ao longo da programação.
Programa AO REDOR
Tema: Croácia
O Ao Redor entrou no clima da Copa do Mundo. O episódio apresenta um pouquinho da história e das características do país que é o primeiro adversário do Brasil no mundial: a Croácia. O programa mostra as belezas do parque natural que é Patrimônio da Humanidade, a influência da cultura italiana em território croata e um projeto da Unesco de incentivo à produção literária. Ao Redor: Terça, 14h30 Sexta, 10h Domingo, 13h
FAIXA INTERATIVA

DOMINGO: Arte & Cultura - Gustavo Paso – Teatro & Transgressão

SEGUNDA: Arte & Cultura - Sergio Cezar: Gigante do Papelão

TERÇA: Arte & Cultura - TV Morrinho

QUARTA: Arte & Cultura - Monte Roraima

QUINTA: Arte & Cultura - Acessibilidade na Arte

SEXTA: Arte & Cultura: O Passo: A Inclusão Através da Música

SÁBADO: Arte & Cultura - Capoeira Especial: A Arte da Inclusão

Faixa Interativa: Diariamente em quatro horários: 5h, 11h, 17h e 23h



PROGRAMAS PRODUZIDOS POR PARCEIROS DA FASE TV:

Programa TOME CIÊNCIA
Tema: Doenças da Amazônia
As condições climáticas da Amazônia, quase sempre com calor e umidade, e a existência de águas paradas, facilitam a proliferação de mosquitos responsáveis pela transmissão da maioria das doenças chamadas de tropicais pela Organização Mundial da Saúde. O atendimento de saúde precário numa área tão extensa, a falta de saneamento e o desmatamento, agravam e dificultam o controle de doenças como a malária, a febre amarela e a leishmaniose. O que são essas doenças, os tratamentos e prevenção – e até a própria rotulação como doenças tropicais – são temas do debate com especialistas.
Tome Ciência: Quarta, 21h
 Domingo, 15h

Programa LIGADO EM SAÚDE

Tema: Pragas Urbanas
Pragas urbanas são espécies de insetos ou animais que infestam os campos e cidades provocando danos à nossa saúde. E podem picar, morder, danificar alimentos e objetos e ainda transmitir doenças ao homem. Elas geralmente se procriam no inverno e se espalham no verão, época em que as baratas, ratos, mosquitos, moscas, cupins, pombos, formigas e outros são mais vistos. As pragas migram para as zonas urbanas buscando alimentação e abrigo, o que é proporcionado pelo próprio homem, quando esses mantêm ambientes sujos e quando depositam lixo em locais inadequados. Dentre as principais espécies encontradas em áreas urbanas destaca-se as baratas, os pombos e as formigas. São necessárias algumas ações para a prevenção do deslocamento de pragas para as áreas urbanas, como: não amontoar lixo ou materiais em desuso, manter alimentos em locais fechados, vistoriar depósitos e locais onde alimentos são armazenados periodicamente, mantendo o local sempre limpo. Ao detectar a presença de qualquer espécie é importante acionar uma equipe especializada em controlar pragas e vetores para que o local seja inspecionado e, após a inspeção, seja realizada a erradicação de tais espécies. A apresentadora Marcela Morato conversa com o pesquisador e professor do Laboratório de Vetores da ENSP/Fiocruz, Eduardo Dias Wermelinger sobre essas pragas.
Ligado em Saúde: Terça, 8h Quarta, 14h
Domingo, 19h30

Programa CIÊNCIA & LETRAS
Tema: O Programa Mais Médicos na Escrita de Antônio Lino
O apresentador Renato Farias conversa com o escritor e documentarista Antônio Lino sobre sua obra, em especial a publicação que aborda o Programa Mais Médicos, para a qual conversou com pessoas beneficiadas pelo programa em várias regiões do Brasil. Ciência & Letras: Domingo, 14h
Segunda, 13h
Quinta, 19h30

Programa CANAL SAÚDE NA ESTRADA
Tema: MA - São Luís / Programa Travessia
Em São Luís, no Maranhão, tem um serviço de mobilidade urbana em parceria com o Sistema Único de Saúde, que vem garantindo a cidadania de pessoas com necessidades especiais desde 2016. Enquanto questões estruturais não são resolvidas na cidade, essas pessoas contam com um serviço diferenciado para vencer esses obstáculos, o Programa Travessia. A iniciativa desse programa foi da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e de serviços públicos do Maranhão, a MOB.
Canal Saúde na Estrada: Segunda, 19h
Sábado, 14h30
Programa EM FAMÍLIA
Tema: Mobilidade
O direito de ir e vir é um direito fundamental previsto na constituição e cabe a união regulamentar a legislação que garante esse direito. Em 2012 foi sancionada a Política Nacional de Mobilidade Urbana que orienta como os municípios devem garantir a acessibilidade universal, ou seja, a equidade no acesso do cidadão ao transporte público eficiente. Na prática, a mobilidade continua sendo um problema principalmente nos grandes centros urbanos e com isso a vida familiar fica muito afetada. A apresentadora Yasmine Saboya conversa sobre essas dificuldades de mobilidade urbana com a professora e pesquisadora, Ialê Falleiros; com a assistente social, Rafaela Albergaria; e com o arquiteto e urbanista, Rodrigo Bertamé.
Em Família: Quarta, 16h
  Domingo, 22h
 
Programa UNIDIVERSIDADE
Tema: UPPs: Uma década depois (Parte 2)
A Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro anunciou recentemente que cerca de três mil homens antes dedicados às Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) agora serão usados no patrulhamento das ruas. Apesar de as autoridades responsáveis garantirem que as UPPs não sofreriam com essa mudança, especialistas avaliam que esse teria sido um passo em direção ao fim desse projeto. No contexto do que se tem vivenciando no Rio, o programa discute as UPPs uma década depois.
Unidiversidade: Quinta, 16h
Domingo, 14h30

Programa HISTÓRIAS DE MÃE
Tema: Exercício físico na gravidez e a escolha da escola
Será que a gestante pode praticar exercício? O Histórias de Mãe conversou com uma ginecologista/obstetra a respeito e foi a um estúdio de Pilates descobrir como uma mãe está cuidando do corpo e da saúde. E mais, você pretende colocar seu filho(a) na escola? Então, está na hora de começar a buscar as melhores opções.
Histórias de Mãe: Quarta, 20h30
 Domingo, 13h30
 

 Programa FASE.DOC– ONU
Tema: Guarani e Kaiowá: pelo direito de viver no Tekoha


Em 2017, a Declaração da ONU sobre os Direitos dos Povos Indígenas completa 10 anos. Este marco relembra a importância dos povos indígenas na formação e riqueza da sociedade e como eles são ameaçados. No Brasil, no ano de 1500, a população de indígenas era de 8 milhões; hoje, em 2017, eles são cerca de 900 mil. No Mato Grosso do Sul, centro-oeste do país, a situação territorial é dramática e provoca uma série de abusos de direitos humanos, que afetam principalmente os guarani e kaiowá. Para contar um pouco sobre a situação dessas populações, o Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio) visitou a Reserva Indígena de Dourados e diversas aldeias do estado de Mato Grosso do Sul. Foram mais de mil quilômetros percorridos durante cinco dias para a produção do documentário "Guarani e Kaiowá: Pelo direito de viver no Tekoha".
Tema: Na República do Congo, envolver comunidades no manejo florestal sustentável traz benefícios
A República do Congo, país centro-africano com mais de 4,7 milhões de pessoas, é altamente dependente dos recursos florestais para os meios de subsistência. Apesar de ser o segundo recurso natural mais valioso depois do petróleo, a contribuição das florestas para a economia nacional é relativamente baixa. As taxas de desmatamento e de degradação, embora baixas em relação aos padrões internacionais, têm crescido rapidamente nos últimos anos. Prevê-se que se acelerem ainda mais à medida que o país tenta desenvolver áreas florestais, e à medida que a população cresce cerca de 3% ao ano. Este vídeo, produzido pelo Banco Mundial, faz parte de uma série com resultados no âmbito da REDD+ – traduzido do inglês, a Redução de Emissões decorrentes do Desmatamento e da Degradação de Florestas –, sistema de incentivos financeiros para um manejo florestal mais sustentável.
 
 Programa SALA DE CONVIDADOS
Tema: Política Nacional de Qualidade e Segurança do Paciente

O programa vai discutir a Política Nacional de Qualidade e Segurança do Paciente. Implantada há quase cinco anos no país, por meio do Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP), essa política vem transformando a cultura e os métodos de trabalho nos hospitais brasileiros. O Programa Nacional de Segurança do Paciente foi estabelecido pela Portaria GM/MS nº 529/2013 com o objetivo de contribuir com a qualificação do cuidado em saúde em todos os estabelecimentos de saúde do país. De acordo com a política, a Segurança do Paciente é componente essencial da qualidade do cuidado. A portaria define ainda que as ações do PNSP devem se articular às demais políticas de saúde. As convidadas para falar sobre o assunto são a chefe da cirurgia pediátrica do Hospital Federal dos Servidores do Estado e diretora da Câmara Técnica da Qualidade e Segurança (CTQS), Cláudia Regadas; a anestesiologista e coordenadora do Núcleo de Qualidade e Segurança do Instituto Nacional de Cardiologia (INC), Marília Vasconcellos; e a assessora técnico-científica do Proqualis/ICICT/Fiocruz, Maria de Lourdes Moura.
Sala de Convidados: Segunda, 21h
Sábado, 15h

 
Programa: BATE-PAPO NA SAÚDE Tema: 2ª CNSMU: Mulheres Indígenas e Mulheres Quilombolas
Em Brasília, aconteceu a 2ª Conferência Nacional de Saúde da Mulher e mobilizou cerca de 70 mil pessoas entre as conferências livres e as etapas Municipais e Estaduais. O apresentador Paulo Bellardi conversa com a representante das mulheres indígenas, Ângela Kaxuyana e com a líder do quilombo Jardim Cascata, Lúcia Quilombola sobre suas origens e também sobre as políticas de saúde para todos os segmentos.
Bate-papo na Saúde: Quinta, 8h30
Sábado, 19h

Programa: CURTA AGROECOLOGIA

Tema: Cacau Cabruca Orgânico
No pré-assentamento dos Riachões, no Município de Pirapitanga, os agricultores da rede agrícola Povos da Mata, começaram a plantar cacau orgânico em 2007. Hoje em dia, além do cacau, já estão plantando vários tipos de verduras, estão criando alguns animais de pequeno porte e mexendo com farinha. O objetivo deles é produzir alimentos que consigam manter - se e vender o excedente. Esses agricultores conseguiram abrir alguns mercados de comercialização e dentro disso criaram uma relação de quem produz e de quem consome. Tendo não só a visão da compra e venda do produto, mas também a parte social e ambiental.
Curta Agroecologia: Segunda, 16h
Sábado, 22h


Veja também o noticiário: Em Pauta na Saúde em quatro horários: 4h30, 10h30, 16h30 e 22h30







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis