sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Alunas de Nutrição da Fase estruturam horta no Vale do Carangola


Com o objetivo de estimular a alimentação saudável das crianças da comunidade do Vale do Carangola, um grupo de alunas do curso de Nutrição da Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) deu início ao plantio de uma horta na região.

"Esse projeto da horta tem uma característica interessante, pois são alunas do curso de Nutrição que estão podendo colocar em prática o que aprendem no dia a dia, ensinando um pouquinho para essas crianças. Percebemos que algumas famílias do bairro já têm horta em casa, então ajudamos na construção de conhecimentos. A ideia é fazer com que os projetos se integrem, formando justamente uma rede aqui dentro da comunidade", destaca Nathália Balthazar, professora de Atividade Integradora da FMP/Fase. 

A iniciativa das alunas faz parte do projeto de extensão Vale do Carangola. Anteriormente, os alunos da Fase fizeram uma oficina teórica com as crianças da comunidade, explicando a importância da compostagem e da alimentação saudável, bem como a produção de regadores com materiais recicláveis que serão utilizados na plantação.

"Nós iniciamos o projeto falando da alimentação. Acreditamos que a horta vai estimular uma alimentação mais saudável, além de proporcionar o conhecimento através da observação do plantio, da estrutura de uma planta e de como nascem os alimentos. Outro fator interessante é que podemos estimular o hábito de cultivar uma plantação e quem sabe eles se dediquem futuramente à profissão de produtores rurais, porque o ambiente aqui é propício", ressalta Cristiana Soares, diretora adjunta da Escola Municipal Lúcia de Almeida Braga.

Cerca de 20 crianças do 3º ano do primário, da Escola Municipal Lúcia de Almeida Braga, participaram da produção da horta, no pátio da escola. Além disso, o projeto contou com a parceira da S12 Arquitetura e da empresa Forlamp.

"As crianças estão participando da montagem da horta desde o início do projeto, quando a gente pediu para que eles trouxessem as garrafas pet. Nos ajudaram a preparar os canteiros, colocar o esterco, deixar a terra preparada. Agora, estão ajudando a plantar as mudas. Além disso, a gente fez uma oficina de montagem de regadores com as embalagens de amaciante. Essa horta vai facilitar o acesso das crianças às frutas e hortaliças, mostrando que é possível ter uma alimentação mais saudável", explica Yasmin Rodrigues, aluna de Nutrição da Fase.

Os alunos da turma de Nutrição tiveram uma aula de economia na faculdade. Os lucros dos projetos desenvolvidos na disciplina foram doados para a produção da horta. No total, foram plantados quatro tipos de hortaliças – almeirão, salsinha, alface e coentro. Além de mudas de árvores frutíferas - Pitanga, Araçá e goiaba.

"Esse projeto de extensão é muito importante para nossa formação, porque estamos dentro da comunidade colocando em prática nossos conhecimentos, fazendo algo que é importante para as crianças carentes. Na aula de economia, nós fizemos pizza e fomos divididos em três grupos. Cada um teve o seu lucro com a venda das pizzas. O objetivo era de que todo o lucro fosse revertido para a horta. Nós fizemos rifa de uma cesta de chocolate, vendemos 300 ingressos, pois tivemos muito apoio do pessoal da faculdade, nossos parentes e amigos, e também recebemos algumas doações. Tudo agregou para que a gente pudesse estar aqui realizando esse projeto, pois em conjunto tudo funciona bem melhor", frisa Ednéia Kreischer Ribeiro, aluna de Nutrição da Fase.
 
 



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis