quinta-feira, 15 de março de 2018

FMP e comunidade acadêmico-científica perdem importante membro nesta quinta-feira


Faleceu, na madrugada desta quinta-feira(15), a professora Derly Streit, Professora Titular e Assessora Acadêmica da Faculdade de Medicina de Petrópolis/Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase). Formada em Medicina pela própria FMP, foi à instituição que dedicou grande parte da sua vida. Ao longo de 40 anos, Derly esteve presente em todos os momentos, liderando movimentos de expansão e lutando pelo reconhecimento da Faculdade de Medicina de Petrópolis junto aos órgãos oficiais de educação superior e educação médica, com convicção, energia e alegria. Nunca hesitou em defender as cores e a camisa da FMP e da Fase, em todas as circunstâncias e incondicionalmente.

Foi uma professora que dedicou sua vida a seus alunos e inspirou muitos colegas a fazerem da educação superior seu maior valor. “A história da Prof.ª Derly se confunde com a nossa história Institucional. Ela sempre colocou suas energias, atitudes e opiniões em permanente esforço de orientação da FMP e da Fase na direção do reconhecimento pela qualidade e integridade, sobretudo nas esferas educacional e científica. Particularmente, foi uma grande amiga, braço direito de minha administração e de quem sentirei muita falta. Ensinou-me o essencial para amar a FMP e conduzi-la pelos caminhos da excelência e do bem”, relata Maria Isabel de Sá Earp, supervisora geral da FMP/Fase.

Derly Streit era doutora em Ciências Biológicas (Biofísica) e mestre em Oftalmologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professora Titular de Biofísica e Fisiologia, foi Vice-Diretora da FMP e primeira Coordenadora de Ensino. No âmbito nacional, foi diretora da ABEM – Associação Brasileira de Educação Médica, de 2010 a 2013. Desde 2011, até recentemente, atuava como membro titular da Comissão Nacional de Residência Médica do Ministério da Educação, e, desde 1999, como membro do Corpo de Avaliadores ad hoc para Avaliação de Cursos de Medicina e Radiologia do MEC.
 
Em sua extensa trajetória acadêmica, Derly participou de 46 produções bibliográficas e diversas linhas de pesquisa, dentre elas a que investigava o Fenômeno da Depressão Alastrante no tecido nervoso, visando uma melhor compreensão das relações deste fenômeno com patologias clínicas como a enxaqueca oftálmica e a epilepsia.

Derly Streit deixa marido, dois filhos e quatro netos. Em sua homenagem e em respeito à sua vida dedicada à FMP/Fase, a instituição suspendeu as atividades acadêmicas no campus Barão do Rio do Branco neste dia de saudades. 


 




Um comentário:

  1. Carlos Alberto Lacerda15 de março de 2018 23:12

    A Escola de Medicina de Petrópolis

    Meus mais profundos sentimentos de tristeza pelo falecimento da Ilma.Professora Derly com a qual tive a honra de trabalhar de 2007 a 2009. Força e fé para todos os amigos e principalmente para a família da ilustríssima e inesquecível professora. Prof. Carlos Alberto Lacerda

    ResponderExcluir

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis