sexta-feira, 13 de julho de 2018

Trabalho realizado em Unidade de Saúde da Família é aprovado em Congresso Internacional


Alunos da Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) tiveram um trabalho baseado em um relato de experiência aprovado no Congresso Internacional de Medicina Interna que acontece, na África do Sul, entre os dias 18 e 21 de outubro deste ano. O grupo é formado pelos estudantes de Medicina, Enfermagem e Nutrição: Bárbara Pires, Carlos Henrique Oliveira, Nelson Brand, Felipe Freitas, Iago Melgaço, Alice Moura, Yannky López, e pela residente em Clínica Médica, Clara Vianna.

A pesquisa, realizada na Unidade de Saúde da Família Machado Fagundes, gerida pela FMP/Fase, baseou-se em uma reavaliação de um antigo diagnóstico definido no posto, onde, através da nova análise, eles puderam identificar uma nova enfermidade, rompendo com a teoria do “viés da ancoragem”, que acontece quando o profissional toma uma decisão ou avaliação com base em uma primeira informação, sendo essa, a principal problemática explorada ao longo do trabalho. 

Coordenado pelo médico Régis Vieira, pela enfermeira Patrícia Alvim e pela nutricionista Cátia Stumpf, o trabalho foi realizado dentro do Projeto Terapêutico Singular da USF, que tem como objetivo trabalhar com as famílias em domicílio, organizando e entendendo o contexto de vida dos pacientes, para buscar uma melhora da saúde de forma coletiva.
 
Conheça os alunos envolvidos na pesquisa:
Felipe Freitas, Bárbara Pires, o Dr. Regis Vieira, Nelson Brand e Carlos Henrique Oliveira.

Carlos Henrique Oliveira e Nelson Brand junto de Alice Moura, Yannky López e Iago Melgaço. 

Clara Vianna, a residente em Clínica Médica.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis