quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Programação da Semana de 05 a 11 de agosto de 2018


PROGRAMAS PRODUZIDOS PELA FASE TV:

 

Programa EM QUESTÃO
Tema: Patologia
Existem médicos que você não chega a conhecer, mas que são decisivos para a sua saúde. Eles trabalham nos laboratórios de patologia e examinam células, tecidos ou fluidos coletados do nosso corpo. É através dessa análise minuciosa que é feito o diagnóstico que determina o melhor caminho no tratamento de uma série de doenças. O Em Questão sobre patologia tem como convidados os médicos patologistas Túllia Cuzzi e Leonardo Quintella.
Em Questão: Domingo, 21h
                     Segunda, 15h
                     Terça, 20h
                     Quarta, 18h
                     Quinta, 12h
                     Sexta, 9h e 21h
                     Sábado, 12h e 18h


Programa ARTE & CULTURA                
Tema: Laell Rocha – Um Agente Transformador
Laell Rocha é coreógrafo, diretor teatral, escritor e assistente social.  Todas essas vertentes se unem  em seus projetos culturais e de inclusão social com jovens em situação de vulnerabilidade. São 33 anos dedicados a transformar vidas. Paralelamente, o artista dá vazão a uma outra faceta: a de escritor de livros infantis, quando Laell resgata um pouco de sua própria infância.  O reconhecimento de todo esse trabalho veio através de uma série de prêmios, mas principalmente pelas conquistas das centenas de alunos que já passaram por suas oficinas.
Arte & Cultura – Domingo, 12h e 18h
                            Segunda, 18h
                            Terça, 9h e 21h
                            Quarta, 15h
                            Quinta, 20h
                            Sexta, 18h
                            Sábado, 9h e 21h                     


Programa MINUTO FASE
Tema: Avaliação em Saúde – 23ª Semana Científica
As pesquisas avaliativas na área da saúde surgiram principalmente ligadas à epidemiologia - ramo da Medicina que estuda a propagação das doenças, fatores que favorecem a disseminação, e a efetividade das formas de prevenção e tratamento. Foi graças às avaliações que foram criados os primeiros sistemas de informação e as políticas de saúde. Essas análises são feitas por profissionais especializados em medir resultados. Mas também dependem da colaboração de quem planeja e de quem executa as ações ligadas à saúde, assim como das universidades e das instituições de pesquisa. O Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica e o Projeto de Expansão e Consolidação Saúde da Família são exemplos de trabalho colaborativo entre os gestores do SUS e a academia. A Avaliação em Saúde foi um dos assuntos discutidos na 23ª Semana Científica da FMP/Fase. As pesquisadoras Maria Cecília Minayo, da Fiocruz, e Ivone Evangelista, da FAPERJ, falaram sobre três tipos de pesquisa avaliativa: a quantitativa, a qualitativa e a participativa.

 
Tema: Saúde Mamária – 23ª Semana Científica
O atendimento dos serviços de mastologia no Hospital de Ensino Alcides Carneiro cresceu 80% em 2017. O volume de cirurgias também aumentou: 37%. Os números positivos foram apresentados no painel de práticas inovadoras da 23ª Semana Científica da FMP/Fase. Resultados que refletem a importância do projeto "Capacitação das equipes da Estratégia Saúde da Família”. A iniciativa, premiada com a menção honrosa durante o evento, foi realizada entre os meses de maio e outubro, e contou com a parceria da faculdade e a participação ativa dos alunos.  Grupos de estudantes dos cursos da área de saúde da FMP/Fase montaram esquetes teatrais sobre três tipos de câncer: colorretal, linfoma e mama. A meta foi a sensibilização dos agentes comunitários de Saúde, dos Médicos e dos Enfermeiros da Saúde da Família e Comunidade, do município de Petrópolis.

Tema: Workshop de Pesquisa – Como vai você? – Enfermagem
O projeto de Extensão “Como Vai Você?” promove a troca de experiências entre ex-alunos e estudantes dos diferentes cursos da FMP/Fase. Cada encontro tem uma temática diferente. Desta vez, o foco foi a pesquisa. Duas enfermeiras, que atuam como pesquisadoras do INCA e da Fiocruz, dividiram suas histórias com os graduandos do curso de Enfermagem. Isabelle Geoffroy e Simone Lermontov compartilharam suas trajetórias no campo da pesquisa e a importância da construção do saber desde a graduação.

Tema: 17ª Semana de Enfermagem
“A centralidade da enfermagem nas dimensões do cuidar”. Esse foi o tema da 17ª Semana de Enfermagem da FMP/Fase. A saúde mental, a obstetrícia, a espiritualidade e a religiosidade foram alguns dos assuntos abordados nas palestras. A programação foi construída junto com os alunos do curso.
Minuto Fase: Nos intervalos, ao longo da programação.

 
Programa AO REDOR
Tema: Tartarugas Marinhas
O programa mostra projetos comunitários de preservação da maior tartaruga marinha, a de couro, no segundo principal berçário da espécie no planeta: as ilhas de Trinidad e Tobago, no Caribe.
Ao Redor: Terça, 14h30
                 Sexta, 10h
                 Domingo, 13h      


Programa COMO VAI VOCÊ?
Tema: Egressos de Administração - Turma de 2013 - Victor Amaro
Formado em Administração hospitalar pela FMP/Fase, Victor Amaro, trabalha há 12 anos na Associação Congregação Santa Catarina (ACSC), que administra 11 hospitais no Brasil. O gerente regional de contas médicas da ACSC diz que a faculdade foi um divisor de águas em sua carreira e ressalta que o atual cenário brasileiro da saúde precisa muito de bons gestores.
 “Como vai você?”: Nos intervalos, ao longo da programação.

FAIXA INTERATIVA 


DOMINGO: Em Questão - Educação no Século XXI

SEGUNDA: Em Questão - Os Desafios da Aprendizagem

TERÇA: Em Questão - Ética na Ciência

QUARTA: Em Questão - Educação Inclusiva

QUINTA: Em Questão – Fome de Conhecimento

SEXTA: Em Questão – Física Quântica

SÁBADO: Em Questão – A Saúde Mental dos Estudantes Universitários

Faixa Interativa: Diariamente em quatro horários: 5h, 11h, 17h e 23h
 

PROGRAMAS PRODUZIDOS POR PARCEIROS DA FASE TV:
 

Programa TOME CIÊNCIA            
Tema: A ciência da velhice        
Nosso famoso país de jovens envelhece tão rapidamente que até 2025 já seremos o sexto do mundo em número de idosos. Em 2020 a população começará a encolher e a expectativa de vida aumentará ainda mais. A ciência faz parte do processo, conhecendo e combatendo mais as doenças e o próprio envelhecimento. Mas há quem garanta que nosso sistema de saúde não está preparado para lidar com esse aumento de expectativa de vida: faltam asilos, cuidadores e até o respeito da sociedade. Especialistas nessa nova realidade de um Brasil que envelhece esclarecem no que o conhecimento científico pode ajudar a garantir uma velhice digna.
Tome Ciência: Quarta, 21h
                        Domingo, 15h


Programa LIGADO EM SAÚDE           
Tema: H3N2
O H3N2 é uma variedade do vírus da gripe, que no último inverno no hemisfério norte causou muitas mortes nos Estados Unidos. Com a chegada dos meses mais frios do ano ao Brasil, período em que a gripe costuma ser mais frequente, o país se prepara para possíveis surtos. Para tirar todas as dúvidas e fornecer informações confiáveis de qualidade sobre o assunto, o Ligado em Saúde fala sobre o H3N2. O programa esclarece se essa variedade é ou não é mais agressiva que o já popular H1N1, conta se essa é a primeira vez que esse vírus circula no Brasil, fala sobre a campanha de vacinação contra gripe desse ano, cuja vacina protege contra o H3N2, mostra quem pode se vacinar na rede pública e explica outras formas de prevenir a gripe. A apresentadora Marcela Morato recebe o infectologista do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz), José Cerbino.
Ligado em Saúde: Terça, 8h
    Quarta, 14h       
    Domingo, 19h30

Programa CIÊNCIA & LETRAS                 
Tema: Afetos, Relações e Encontros
O livro “Afetos, Relações e Encontros com filmes brasileiros contemporâneos” se debruça sobre o cinema brasileiro dos últimos anos, posterior ao que ficou conhecido como o Cinema da Retomada. A publicação traz dez ensaios nos quais aborda o trabalho de jovens cineastas que fizeram seus primeiros longas-metragens entre 2009 e 2016, como Julia Murat, Erik Rocha e Petra Costa, entre outros. Para conversar sobre o tema, o apresentador Renato Farias recebe o autor de “Afetos, Relações e Encontros com filmes brasileiros contemporâneos”, Denilson Lopes.
Ciência & Letras: Domingo, 14h
                           
Segunda, 13h

                          
Quinta, 19h30

Programa CANAL SAÚDE NA ESTRADA                                          
Tema: PB - Campina Grande
Em Campina Grande, no agreste Paraibano, acompanhamos a 7ª Conferência Municipal de Saúde para mostrar o início do processo de mobilização que envolve governo, conselho de saúde, profissionais e usuários para discutir os rumos do SUS para os próximos anos. Ainda em Campina Grande mostramos o projeto “SAMU na Escola”, uma iniciativa do município que visa diminuir o número de trotes de chamada de ambulâncias. O projeto leva os profissionais da Samu à sala de aula para conscientizar crianças e adolescentes sobre a importância do serviço além de ensinar noções de primeiros socorros.
Canal Saúde na Estrada: Segunda, 19h
                                        Sábado, 14h30


Programa EM FAMÍLIA                      
Tema: Jovens Escritores
Em tempos de redes sociais e conteúdos telegráficos, já virou lugar comum dizer que os jovens estão lendo pouco. A apresentadora Yasmine Saboya conversa com o escritor, Gustavo Lacombe; com a escritora e youtuber, Juju Bicalho; e com a Editora Rocco, Paula Drummond sobre como andam os jovens escritores hoje em dia.
Em Família: Quarta, 16h
                    Domingo, 22h

Programa UNIDIVERSIDADE                            
Tema: Profissão: Artista
Uma ação que iria à votação no Supremo Tribunal Federal (STF) levantou uma polêmica no mês passado. Ela propunha acabar com a obrigação do registro profissional (DRT) no Ministério do Trabalho para artistas e técnicos em espetáculos de diversões. A ação afirmava que a obrigatoriedade seria uma restrição à liberdade artística. Já os artistas condenaram duramente o que consideraram ser um ataque a sua profissão. A ação acabou sendo retirada da agenda do STF por sua presidente, a ministra Carmen Lúcia, mas o tema Profissão: Artista continua em pauta e é por isso que esse é o assunto do Unidiversidade.
Unidiversidade: Quinta, 16h
                          Domingo, 14h30


 
Programa HISTÓRIAS DE MÃE
Tema: Natação para criança e “Doutor Google”
Você conhece os benefícios da natação? O Histórias de Mãe mostra uma aula de natação para bebês e tira todas as dúvidas sobre o esporte. Temos também a segunda parte da entrevista com a pediatra Maria Beatriz Ribeiro Eckhardt, sobre as perguntas mais buscadas no google, quando o assunto é criança.
Histórias de Mãe: Quarta, 20h30
                              Domingo, 13h30


Programa FASE.DOC
Tema: Armas de destruição em massa: uma ameaça para a humanidade
Armas de destruição em massa – nucleares, biológicas e químicas – têm atormentado a humanidade desde a sua invenção. Ainda hoje, constituem uma ameaça. Ataques terroristas, bem como acidentes, espalharam pânico em vários países nas últimas décadas. Mas há sinais de que o aumento da vigilância e da cooperação pode ajudar a criar um mundo mais seguro. Esta reportagem especial da TV ONU aborda, entre outros registros, o acidente radiológico com o Césio-137, um grave episódio de contaminação por radioatividade ocorrido na cidade de Goiânia, no Brasil, em 1987.

Tema: A mudança climática e a saúde

Documentário da OMS sobre adaptação à mudança climática para proteger a saúde humana nas regiões da Ásia e da Europa Central.

Tema: No Brasil, uma mulher é assassinada a cada 2 horas
O Brasil é um dos lugares mais perigosos do mundo para ser mulher: uma mulher é morte a cada 2 horas e atacada a cada 15 segundos. Sueny é uma ativista brasileira que luta para acabar com a violência contra as mulheres em uma comunidade no Rio de Janeiro.

Tema: Intelectuais indígenas combatem falta de conhecimento sobre seus povos

A militância e o trabalho de escritores, educadores e artistas indígenas têm sido fundamentais para combater o preconceito e o desconhecimento da sociedade brasileira sobre esses povos, cuja história foi contada principalmente sob o ponto de vista de não indígenas. No momento em que ocorre na sede da ONU, em Nova Iorque, a 17ª Sessão do Fórum Permanente sobre Assuntos Indígenas, o Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio) entrevistou quatro intelectuais de diferentes etnias indígenas brasileiras sobre formas de garantir direitos e valorizar a cultura e os conhecimentos dessas populações.

FASE.DOC: Terça, 18h
                  Domingo, 20h
Programa SALA DE CONVIDADOS
Tema: Pobreza extrema na calçada
A pobreza extrema voltou a crescer no Brasil. Desde 2016, houve um aumento de 11%. No início do ano passado, segundo relatório divulgado pelo IBGE, 13,34 milhões de pessoas estavam vivendo em situação de extrema pobreza. A situação demonstrada pelos números já é claramente visível nas ruas das cidades brasileiras, onde é possível perceber o aumento da quantidade de pessoas em situação de rua, pedindo dinheiro nas calçadas. Nesta edição do Sala de Convidados, o dentista do Consultório na Rua, atuante na cidade do Rio de Janeiro, Ivo Lima; a psicanalista Clarisse Boechat; a liderança do Movimento Nacional de População em situação de Rua do Rio de Janeiro - Baixada Fluminense, Vânia Rosa; e o defensor público federal Renan Vinicius Souto Mayor, discutem os motivos do aumento da miséria e quem são as pessoas que estão sendo empurradas para essa situação.
Sala de Convidados: Segunda, 21h
                                  Sábado, 15h


 
Programa: BATE-PAPO NA SAÚDE
Tema: CONASS DEBATE - Eficiência e Aplicação dos Recursos
A discussão sobre a eficiência na aplicação dos recursos na área da saúde vem de longa data. E o assunto esteve em pauta no CONASS Debate que discutiu o futuro dos sistemas universais de saúde. No evento, foi apresentado um relatório do Banco Mundial que apontou que a melhoria na eficiência da gestão dos recursos do SUS poderia gerar uma economia de R$ 115 bi nos próximos 12 anos. Para entender melhor esses dados, o apresentador Paulo Bellardi conversou com o responsável pela área de saúde, nutrição e população do Banco Mundial, Edson Araújo.
Bate-papo na Saúde: Quinta, 8h30
                                   Sábado, 19h


Programa: CURTA AGROECOLOGIA
Tema: Taco da Terra (ANA)
No Zona da Mata Sul de Pernambuco, agricultores familiares estão propondo alternativas ao destrutivo cultivo de cana de açúcar e já fornecem alimentos saudáveis para as populações da região.
Curta Agroecologia: Segunda, 16h
                                 Sábado, 22h


 

 

Veja também o noticiário: Em Pauta na Saúde em quatro horários: 4h30, 10h30, 16h30 e 22h30.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis