quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Encontro internacional abordará desenvolvimento dentário na FMP/Fase


Petrópolis sediará o “Encontro Internacional sobre Defeitos de Desenvolvimento Dentário: os desafios na prática clínica e na pesquisa”, nos próximos dias 2 e 3 de dezembro, das 8h às 17h, na Faculdade Arthur de Sá Earp Neto (FMP/Fase). O objetivo é promover um encontro entre estudantes e profissionais de Odontologia com professores do Brasil e da Dinamarca.

“O evento vai apresentar informações atualizadas sobre a prevalência, a etiologia, o diagnóstico e o manejo clínico dos defeitos de desenvolvimento dentário. Também vamos propor novas pesquisas, discutir sobre a inserção do tema nos currículos de graduação e os desafios de lidar com os defeitos de desenvolvimento dentário na prática clínica e na saúde pública”, explica a professora Vera Soviero, coordenadora do curso de Odontologia da FMP/Fase, que organiza o encontro com a Uerj e a Universidade de Brasília (UnB).

No primeiro dia, às 9h, acontecerá o simpósio “Diagnóstico diferencial dos defeitos de desenvolvimento dentário” e a palestra “Características da doença de Rickets e osteogênese imperfeita: manifestação clínica, reabilitação oral e relação com a qualidade de vida”, com a doutora Dorte Haubek. Ela é responsável pelo Departamento de Odontopediatria da Faculdade de Odontologia da Universidade de Aarhus, na Dinamarca. A apresentação terá tradução simultânea.

Na sequência serão abordadas a “Hipomineralização molar incisivo”, com Rita Cordeiro (Unesp), “Amelogênese imperfeita”, com Paulo Yamaguti (UnB), e “Fluorose dentária”, com Fabio Sampaio (Universidade Federal da Paraíba). O debate será moderado por Tatiana Fidalgo (Uerj e Universo).

Na parte da tarde, acontecerá o simpósio “Prognóstico e manejo clínico dos defeitos de desenvolvimento dentário”, com as palestras “É possível estabelecer um prognóstico para os casos de HMI?”, com Vera Soviero, “O cimento de ionômero de vidro como alternativa para restaurar molares hipomineralizados no modelo do TRA”, com Soraya Leal (UnB), “Alternativas para o manejo clínico de defeitos de desenvolvimento do esmalte”, com Paulo Yamaguti  (UnB), “Prós e contras da extração de molares gravemente afetados na HMI combinada ao tratamento ortodôntico”, com Rodrigo Lopes de Lima (Fase e UFRJ). O debate será moderado por Michelle Ammari (UFF).

O segundo dia do encontro terá apresentações de pesquisas originais e casos clínicos, com moderação de Aline de Almeida Neves (UFRJ). Também serão formados grupos de discussão com os temas “O que precisamos pesquisar?”, tendo como relatoras Dorte Haubek e Rita Cordeiro; “Os resultados das pesquisas têm tido impacto na prática clínica e na formação de novos cirurgiões-dentistas?”, com Michelle Ammari e Tatiana Fidalgo; “Como enfrentar o desafio clínico dos defeitos de desenvolvimento dentário na saúde pública?”, com Norma S. Thiago Pontes (Fundação de Saúde de Petrópolis) e Marcia Alves (CBMERJ e UFRJ). Das 11h30 às 12h30, acontecerá o debate final do encontro.


Serão emitidos certificados para os participantes. As inscrições podem ser feitas no site www.fmpfase.edu.br e têm preços especiais para estudantes de graduação (R$ 50), estudantes de pós-graduação, profissionais do SUS, do Corpo de Bombeiros e das Forças Armadas (R$ 100). Os outros profissionais pagarão R$ 150. Na abertura e na primeira noite do evento, acontecerão programações culturais, como a visita ao Museu Imperial de Petrópolis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis