quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Merenda Saudável é assunto abordado por alunos da Fase

Alunos do curso de Nutrição da Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) realizaram, na terça-feira (22), uma atividade voltada para cerca de 120 crianças da Escola Municipal Lúcia de Almeida Braga, localizada no bairro do Carangola, com o objetivo de levar conhecimento sobre lanches saudáveis.

A atividade foi escolhida após a observação da diretora do colégio de que as crianças, durante o intervalo escolar, não estavam consumindo um lanche balanceado.  “A gente vinha observando nos recreios a grande ocorrência de biscoitos amarelos e que muitos não lanchavam a merenda balanceada da escola para poder comer o biscoito”, explica a Diretora Adjunta, Cristiana Soares.

A partir daí, a professora de Nutrição da FMP/Fase, Thalita Fialho, e os alunos do sexto período do curso se mobilizaram para realizar uma atividade no colégio. “Escolhemos essa escola porque ela tem uma demanda para uma educação nutricional um pouco mais específica, relacionada à questão do lanche escolar. Por mais que a escola ofereça merenda e café da manhã, as crianças trazem o lanche de casa e muitas vezes não é tão saudável”, conta a professora de Nutrição da FMP/Fase, Thalita Fialho.

Na ocasião, os universitários desenvolveram dinâmicas, através de jogos e brincadeiras, alertando as crianças para a inclusão de frutas na merenda. Foram apresentadas, também, palestras acerca do consumo de biscoitos, açúcares, refrigerantes e sucos industrializados, destacando as suas consequências e demonstrando a importância de uma alimentação saudável e variada. “Eu e meus colegas pudemos aprender que a gente não pode ficar comendo muita bala, frituras e essas coisas. Eu aprendi também que comer muita fritura pode causar muitos problemas no futuro”, revela a aluna do 5º ano do primário, Bruna Silva.


A futura nutricionista, Bárbara Schmid de Souza, acredita que a participação nesse tipo de atividade incentiva a estabelecer um maior compromisso com a comunidade e a ter uma visão ampliada da profissão. “Esse tipo de prática é muito boa porque já prepara a gente para depois de formados, de saber lidar com as pessoas, a conhecer os ambientes onde nós poderemos atuar, e é muito bom porque a gente vai adquirindo conhecimento e experiência”, comenta.

Alunos de Nutrição da Fase explicando para as crianças sobre alimentação.

Alunos de Nutrição da Fase explicando para as crianças sobre alimentação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis