quinta-feira, 4 de abril de 2019

Centro de Pesquisa e Pós-graduação Professor João Miranda


Na manhã desta segunda-feira, 1º de abril, alunos, professores, colaboradores, amigos e familiares do saudoso professor João Carlos de Miranda se reuniram para prestar justa homenagem, no campus da FMP/Fase, ao querido professor, que completaria 59 anos na data de hoje. A ocasião foi marcada por muita emoção nos discursos daqueles que lembraram com carinho dos momentos de convívio com o mestre. O prédio que abriga a COPPEx – Coordenação de Pesquisa e Pós-graduação –, onde o professor atuou durante vários anos, recebeu nova denominação, passando a se chamar Centro de Pesquisa e Pós-graduação Professor João Miranda. 

João Carlos de Miranda foi pioneiro no desenvolvimento da cultura da pesquisa cientifica na FMP/Fase e dos seus desdobramentos, como a prática de iniciação científica e a implantação de grupos de pesquisa. Criador da 1ª Mostra de Trabalhos Científicos e coordenador, nos 22 anos seguintes, das edições da Semana Científica, que hoje se configura como o maior evento da faculdade. 

Biólogo e mestre em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, João Miranda foi professor dos cursos de Medicina, Enfermagem, Administração e Nutrição, e também das Residências Multiprofissional em Atenção Básica, Profissional de Enfermagem e de Medicina de Família e Comunidade. 

Atuante nas áreas de Saúde Coletiva e Ecologia, João Miranda coordenou o Programa Curricular Saúde e Sociedade em cinco equipes de saúde da família, em Petrópolis, onde desenvolveu pesquisa junto às equipes de profissionais, alunos e professores, sobre os principais fatores socioambientais do processo saúde-doença, visando o desenvolvimento de programas de educação em saúde nas comunidades atendidas. 

Reconhecido por sua competência e dedicação, João Miranda era querido por toda a comunidade acadêmica, deixando-nos prematuramente em 2017.



Os diretores da FMP/Fase, Maria Isabel de Sá Earp e Paulo Cesar Guimarães, com a esposa e filhos do professor João Miranda.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis