segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

FMP/Fase recebe inscrições para Pós-Graduação em Alergia e Imunologia



A frequência de manifestações alérgicas aumenta cada vez mais ao longo do tempo, principalmente devido ao atual estilo de vida da sociedade. Por isso, a Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP/Fase) oferece o curso de Pós-Graduação em Alergia e Imunologia Clínica. Médicos de especialidades afins, interessados em intensificar conhecimentos específicos e investir em sua evolução científica, podem se inscrever até 28 de fevereiro 2014. O início das aulas está previsto para abril deste ano.

A Pós-Graduação em Alergia e Imunologia Clínica da FMP/Fase oferece os recursos necessários para a compreensão da especialidade, capacitando o médico a diagnosticar e tratar patologias imunoalérgicas. O curso é destinado a profissionais especializados em Clínica Médica, Pediatria, Pneumologia, Reumatologia, Otorrinolaringologia e Dermatologia.

A duração é de 24 meses e a carga horária de 2.400 horas, podendo se estender a 30 meses de 3.000 horas, caso o aluno pretenda realizar a prova da Associação Brasileira de Alergia. Os módulos são voltados para o aprendizado clínico e prático da Alergia e Imunologia. Como explica o coordenador, José Luiz de Magalhães Rios, um dos diferenciais da formação pela FMP/ Fase é o fato de o curso ser ministrado em uma instituição pioneira na especialidade e formadora de grandes alergistas: a Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro. Além disso, os alunos têm contato com a prática desde o início.

“O curso tem um enfoque na prática. De 20 horas semanais de aula, o aluno tem 16 de prática e quatro de teoria. As aulas têm supervisão permanente e ensinam todos os procedimentos de alergia, de diagnóstico diferencial e de tratamento. O médico sai com uma experiência muito grande para exercer a especialidade no mercado”, afirma Rios.

Ainda segundo o coordenador, os alunos começam a frequentar o ambulatório na primeira semana, assistindo aos atendimentos dos médicos do segundo ano. Na segunda semana, eles já atendem com a supervisão do professor.

“Atualmente, as pessoas vivem mais em ambientes fechados, praticam menos esportes e comem mais alimentos industrializados, e as cidades também estão mais poluídas. Tudo isso contribui para aumentar a quantidade de casos de alergias. Esse conjunto de problemas tem despertado o interesse de médicos para a especialização na área”, acrescenta o coordenador do curso.

O pagamento pode ser realizado em 24 parcelas de R$ 1.000,00. Para outras informações, entre em contato pelo telefone (24) 2244-6471, pelo e-mail posgraduacao@fmpfase.edu.br ou acesse o site http://www.fmpfase.edu.br/univ/pos/default.htm.

FMP/Fase – A Faculdade de Medicina de Petrópolis/Fase (www.fmpfase.edu.br) tem 46 anos de experiência no ensino da Medicina e, desde 1998, expandiu sua atuação para as áreas de Nutrição, Enfermagem, Administração, Gestão Pública e Gestão de Recursos Humanos, tendo recebido nota máxima na última avaliação do Ministério da Educação (MEC). A instituição conta com múltiplos cenários de aprendizagem prática, integrados à rede pública de saúde, e também oferece Programas de Residência Médica, cursos de pós-graduação, nas áreas de saúde e negócios, e de extensão em diversas áreas do conhecimento. O campus possui modernas instalações, em um local cercado pela natureza e próximo ao Centro Histórico de Petrópolis.

SERVIÇO:

Nome da instituição: Faculdade de Medicina de Petrópolis/Fase
Nome do curso: Pós-Graduação em Alergia e Imunologia Clínica (5ª turma)
Endereço do curso: Av. Nilo Peçanha, 38 – Castelo – Rio de Janeiro - RJ (Policlínica Geral do Rio de Janeiro)
Telefone: (24) 2244-6471
Preço: R$ 22.800,00 (Vinte e dois mil e oitocentos reais) - 12 primeiras parcelas de R$ 900,00 + 12 seguintes de R$ 1.000,00
Prazo de inscrição: 28 de fevereiro de 2014 
Site ou e-mail do curso para informação:  posgraduacao@fmpfase.edu.br ou http://www.fmpfase.edu.br/univ/pos/default.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis