terça-feira, 12 de abril de 2016

Pacientes com dor orofacial têm atendimento pela FMP/Fase

O Ambulatório Escola da Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP/Fase) está com inscrições abertas para atendimento gratuito de pacientes com disfunções temporomandibulares (DTM) e dores orofaciais.

O coordenador da pós-graduação em DTM e Dor Orofacial da FMP/Fase, Ricardo Tesch, explica que os sinais desses problemas, que acometem a articulação temporomandibular, os músculos mastigatórios e os tecidos da face, aparecem mais em mulheres, entre 20 e 40 anos.

“O acompanhamento é fundamental para aliviar as dores. Nossos alunos de pós-graduação estarão a postos para ajudar. A causa das dores orofaciais pode ser uma dor de dentes aguda, ocasionada por um trauma ou infecção, ou de origem não dentária. Os principais sintomas são a dor e a incapacidade funcional e psicossocial”, explica Ricardo Tesch.

Segundo ele, o dentista é o especialista responsável pelo diagnóstico e, em grande parte dos casos, o paciente precisa passar por um tratamento multidisciplinar. Nos últimos anos, o serviço prestado pela faculdade no ambulatório tem atraído pacientes de Petrópolis e de outras cidades, como as da Baixada Fluminense e o Rio. A unidade  está localizada na Rua Hívio Naliato, 869, no Loteamento Samambaia, telefone (24) 2235-2224. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis