quarta-feira, 11 de julho de 2018

Programação da Semana de 15 a 21 de julho de 2018


 

 

PROGRAMAS PRODUZIDOS PELA FASE TV:

 

Programa EM QUESTÃO
Tema: Hepatites Virais
A Organização Mundial da Saúde fez um alerta para o aumento de casos de hepatites virais. As inflamações no fígado provocam a morte de um milhão e trezentos milhões de pessoas por ano no mundo.  Existem atualmente cinco tipos de hepatites transmitidas por vírus.  A “B” e a “C” são as mais preocupantes porque são responsáveis por mais da metade de todos os novos casos de câncer de fígado, segundo a OMS. O episódio sobre Hepatites virais tem como convidada a pesquisadora da Fiocruz, Livia Villar, ela que é pós-doutora em Virologia pela Universidade de Sevilha, na Espanha.
 Em Questão: Domingo, 21h
                     Segunda, 15h
                     Terça, 20h
                     Quarta, 18h
                     Quinta, 12h
                     Sexta, 9h e 21h
                     Sábado, 12h e 18h


    
Programa ARTE & CULTURA                
Tema: Som de Petra: Música e Ativismo
O grupo Som de Preta foi criado com a proposta de valorizar a cultura afrobrasileira, em especial a arte produzida por mulheres negras. O ponto de partida do trabalho foi o resgate da contribuição artística de compositoras e poetisas negras. Politizadas e conscientes da importância da arte como instrumento de comunicação, as integrantes do grupo utilizam a música como veículo de militância pela superação do racismo.
Arte & Cultura – Domingo, 12h e 18h
                            Segunda, 18h
                            Terça, 9h e 21h
                            Quarta, 15h
                            Quinta, 20h
                            Sexta, 18h
                            Sábado, 9h e 21h                     


 
Programa MINUTO FASE
Tema:
1ª Jornada de Patologia da FMP/Fase
Você pode não saber o que é patologia, mas com certeza já fez algum exame que passou pela análise de um profissional da área: o médico patologista. É esse especialista que examina células, tecidos e fluidos do nosso organismo. De acordo com a Sociedade Brasileira de Patologia, 80% das decisões médicas são baseadas em exames laboratoriais. O crescimento da importância desse profissional de saúde para o diagnóstico e o tratamento das doenças levou a FMP/Fase a realizar a 1ª Jornada de Patologia.

Tema: #Somostodosespeciais – Pestalozzi
“Somos Todos Especiais”. Esse é o nome do projeto de Extensão desenvolvido pelo curso de Odontologia da FMP/Fase com a Associação Pestalozzi. O projeto é um desdobramento do trabalho realizado na instituição desde 2017. Desde então, diversas ações já foram desenvolvidas pelos futuros dentistas e professores. Eles fizeram uma triagem da saúde bucal das crianças e adolescentes, com identificação dos casos que necessitam de tratamento odontológico. Além disso, eles também realizaram um treinamento sobre como escovar os dentes e atividades lúdicas sobre a importância da prevenção, com teatro e artesanato, como a oficina de criação de suportes para as escovas.  O coquetel de lançamento do projeto contou com a palestra motivacional "Atitudes que inspiram", realizada pelo empresário petropolitano Murilo Guerra. O objetivo do evento foi reunir pessoas e instituições que possam se tornar parceiras da iniciativa. A noite especial contou com a participação do coral dos alunos da Pestalozzi.

Programa AO REDOR
Tema: Haiti
Em janeiro de 2010, um terremoto devastou o Haiti, matando mais de duzentas mil pessoas. O desastre natural mais trágico já registrado nas Américas. O programa mostra um balanço do trabalho de reconstrução do país e da ajuda humanitária realizada pela Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti e a participação do exército brasileiro nessa missão da ONU.
Ao Redor: Terça, 14h30
                 Sexta, 10h
                 Domingo, 13h      


 
Programa COMO VAI VOCÊ?
Tema: Cláudio Souza da Silva – Gestor de Negócios - Egressos de Administração - Turma 2013
O gestor de negócios Cláudio Souza da Silva, formado em Administração pela FMP/Fase, trabalha atualmente em uma empresa que presta serviços na área de urologia em clínicas especializadas e hospitais, com uma área de atuação que vai do Rio de Janeiro à Zona da Mata mineira. Ele retornou à faculdade para assistir às palestras da Semana de Administração 2018, quando reviu antigos colegas de turma e falou à FASE TV sobre a importância da formação que recebeu na Fase para sua carreira.
 “Como vai você?”: Nos intervalos, ao longo da programação.

 

FAIXA INTERATIVA 

DOMINGO: EM QUESTÃO - É POSSIVEL SER FELIZ NO TRABALHO?

SEGUNDA: EM QUESTÃO – EQUIDADE

TERÇA: EM QUESTÃO – O FEMINISMO NA ERA DIGITAL

QUARTA: EM QUESTÃO – SUPERPROTEÇÃO

QUINTA: EM QUESTÃO – TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E SAÚDE

SEXTA: EM QUESTÃO – TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO

SÁBADO: EM QUESTÃO – A RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE

Faixa Interativa: Diariamente em quatro horários: 5h, 11h, 17h e 23h

 

 
PROGRAMAS PRODUZIDOS POR PARCEIROS DA FASE TV:

 

Programa TOME CIÊNCIA            
Tema: Tecnologia e seu impacto na saúde
A evolução da ciência nos últimos anos fica mais evidente na saúde, onde é inegável a importância da tecnologia – que é ciência aplicada – na melhoria da qualidade de vida no mundo todo. Remédios, vacinas, anestésicos; ressonância magnética, ultrassonografia, tomografia computadorizada – são muitas as opções para diagnóstico e cura. Existem ainda os exemplos em  equipamentos voltados para terapias, como os que permitem a fragmentação de pedras nos rins, a hemodiálise, o cateterismo, endoscopia, cirurgias minimamente invasivas, feitas com auxílio de câmaras minúsculas, e muito mais. Mas será que nosso país tem profissionais capazes de produzir e manter esta tecnologia, muitas vezes importada, em hospitais de todo o imenso território brasileiro? E o acesso? Estará ao alcance de todos? O Sistema Único de Saúde tem como garantir a universalização desses avanços científicos? Esses questionamentos partem dos próprios cientistas da Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica, pois foram eles que sugeriram e se dispuseram a debater o assunto, pois as sociedades vinculadas à Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência – a SBPC – participam do Conselho Científico do Tome Ciência sugerindo assuntos e indicando convidados.
Tome Ciência: Quarta, 21h
                        Domingo, 15h


 

Programa LIGADO EM SAÚDE           
Tema: PICS: Arteterapia e Musicoterapia
Foram incluídos novos procedimentos na lista de práticas integrativas e complementares (PICs) do Sistema Único de Saúde (SUS), que abrange recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais. A apresentadora Marcela Morato conversa com a arteterapeuta, Angela Philippini sobre dois desses procedimentos: a arteterapia e a musicoterapia.
Ligado em Saúde: Terça, 8h

    Quarta, 14h       

    Domingo, 19h30

 
Programa CIÊNCIA & LETRAS                 
Tema: Torquato Neto
O crítico e ensaísta, Ítalo Moriconi e o diretor e produtor, Eduardo Ades participam do programa para falar sobre o livro e o documentário, que retratam o letrista, poeta e jornalista Torquato Neto.
Ciência & Letras: Domingo, 14h
                           
Segunda, 13h
                           
Quinta, 19h30

 
Programa CANAL SAÚDE NA ESTRADA                                          
Tema: RJ - Volta Redonda - Porto Real
O Estádio da Cidadania na cidade de Volta Redonda, no Rio de Janeiro atende a população com serviços de saúde especializados. O Centro Oftalmológico Rosuel Zaidan realiza vários exames para avaliar e diagnosticar os problemas relacionados aos olhos e à visão. O usuário é encaminhado ao médico oftalmologista a partir do agendamento da consulta que é realizado nas unidades de saúde ou nas escolas, pela internet. A Ótica da Cidadania Padre Ernesto Lamim é responsável pela produção e dispensação de óculos para pessoas acima de 50 anos de idade e aos estudantes matriculados na rede pública de ensino. Equoterapia é um projeto realizado no município de Porto Real, em parceria com a secretaria Municipal de Saúde, que atende crianças que precisam de uma reabilitação terapêutica. No sítio onde as crianças mantêm um contato com o Cavalo, elas recuperam o equilíbrio e a consciência corporal. O atendimento é feito para transtornos mentais e até de problemas neurológicos.
Canal Saúde na Estrada: Segunda, 19h
                                        Sábado, 14h30


 
Programa EM FAMÍLIA                      
Tema: Preconceito
Existe preconceito de raça, de gênero, de idade, de orientação sexual, de nacionalidade, entre tantos outros. Muitos se encaixam em denominações específicas, como racismo, sexismo, homofobia, xenofobia. Todos representam atraso e um desafio para uma sociedade mais justa. Os convidados do programa são a psicóloga e pesquisadora UFRJ, Luciene Lacerda; o ativista em ISTs, Walter Sabino; e o estudante de engenharia, Arthur Andrade que debatem sobre uma maneira de combater esses preconceitos.
Em Família: Quarta, 16h
                    Domingo, 22h

  
Programa UNIDIVERSIDADE                            
Tema: Segunda Black
O programa vai debater a Segunda Black, ou seja, um projeto que reúne artistas, intelectuais e realizadores culturais negros para a troca de experiências vindas tanto da vida acadêmica quanto da produção artística. O movimento nasceu com o compromisso de atuar para garantir que profissionais pretos da arte encontrem um espaço para performances e estudo no Rio de Janeiro.
Unidiversidade: Quinta, 16h
                          Domingo, 14h30


 
Programa HISTÓRIAS DE MÃE
Tema: Exercício físico na gravidez e a escolha da escola
Será que a gestante pode praticar exercício?  O “Histórias de Mãe” foi a um estúdio de Pilates descobrir como uma mãe está cuidando do corpo e da saúde. E ainda, o que uma ginecologista/obstetra diz a respeito de atividade durante a gestação.
E mais, você pretende colocar seu filho(a) na escola? Então, está na hora de começar a buscar as melhores opções.
Histórias de Mãe: Quarta, 20h30
                              Domingo, 13h30


 
Programa FASE.DOC
17 - Dia Mundial contra a Seca e a Desertificação

17 - Dia de Proteção às Florestas

 
Tema: Na República do Congo, envolver comunidades no manejo florestal sustentável traz benefícios
A República do Congo, país centro-africano com mais de 4,7 milhões de pessoas, é altamente dependente dos recursos florestais para os meios de subsistência. Apesar de ser o segundo recurso natural mais valioso depois do petróleo, a contribuição das florestas para a economia nacional é relativamente baixa. As taxas de desmatamento e de degradação, embora baixas em relação aos padrões internacionais, têm crescido rapidamente nos últimos anos. Prevê-se que se acelerem ainda mais à medida que o país tenta desenvolver áreas florestais, e à medida que a população cresce cerca de 3% ao ano. Este vídeo, produzido pelo Banco Mundial, faz parte de uma série com resultados no âmbito da REDD+ – traduzido do inglês, a Redução de Emissões decorrentes do Desmatamento e da Degradação de Florestas –, sistema de incentivos financeiros para um manejo florestal mais sustentável.

 
Tema: Programa Carbono Neutro do Idesam - finalista Desafio Ambiental 2017
O Programa Carbono Neutro, do Idesam, inova ao propor um programa de neutralização de carbono por meio do fomento de uma cadeia produtiva sustentável com alto aproveitamento dos recursos naturais ao mesmo por meio de sistemas agroflorestais na Amazônia.

 
Tema: Viveiro Lua Nova - finalista Desafio Ambiental 2017
O Viveiro Lua Nova vem desenvolvendo e aplicando técnicas sustentáveis para viabilizar a produção de mudas destinadas à recuperação de áreas degradadas e de nascentes. Eles criaram um produto inédito: um tipo de tubete biodegradável com a utilização de micorrizas que torna o processo de restauração por mudas muito mais barato e ecológico.

Tema: Associação CAATINGA - finalista Desafio Ambiental 2017
A Associação Caatinga realiza diversas iniciativas para melhorar a vida nas longas épocas de seca da região do semi-árido. Com base em um processo comunitário e educativo, faz restauração florestal, cria sistemas de compostagem e outras diversas tecnologias de convivência com o semi-árido.

Tema: Nucleário - finalista Desafio Ambiental

O projeto Nucleário nos mostra que ser inovador é ser criativo na forma de trazer eficiência ao processo de restauração florestal. Conheça os irmãos Rutman e a ideia fantástica que tiveram para o plantio de mudas.

FASE.DOC: Terça, 18h
                  Domingo, 20h

Programa SALA DE CONVIDADOS
Tema: CONASS Debate- O Futuro dos Sistemas Universais de Saúde
O projeto CONASS Debate, promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), em sua nona edição, foi realizado em Brasília nos dias 24 e 25 de abril e reuniu especialistas de diversos países para debater estratégias e ações para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS). Os convidados são a diretora do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes), Isabela Santos; o vice-presidente do CONASS, Vitor Manuel Jesus; e a arquiteta e urbanista da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP/Fiocruz), Luisa Pessoa.
Sala de Convidados: Segunda, 21h
                                  Sábado, 15h


 
Programa: BATE-PAPO NA SAÚDE
Tema: CONASS DEBATE - O Futuro dos Sistemas Universais de Saúde
O CONASS Debate deste ano reuniu especialistas do Brasil, Canadá, Costa Rica, Portugal e Reino Unido para discutir o futuro dos sistemas universais de saúde. Promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), o evento foi realizado em Brasília nos dias 24 e 25 de abril. O apresentador Paulo Bellardi aprofunda alguns temas do debate com o coordenador do CONASS Debate 2018, Fernando Cupertino, e o professor do Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa, Jorge Simões.
Bate-papo na Saúde: Quinta, 8h30
                                   Sábado, 19h


Programa: CURTA AGROECOLOGIA
Tema: Refloresta (ANA)
No começo dos anos 80, agricultores do sul do Brasil, expulsos de sua região pelo latifúndio, chegaram à fronteira do acre com Rondônia para ocupar terras públicas. Enquanto tentaram reproduzir no norte os modelos de produção que utilizavam no sul, atravessaram um difícil período de pobreza e precariedade. Mas o aprendizado com extrativistas locais, a formação de uma associação e a reorientação radical da produção em direção ao extrativismo de produtos da floresta transformaram suas histórias. Em Nova Califórnia, Rondônia, vamos conhecer o projeto Reca, cooperativa que produz e comercializa em escala produtos da floresta amazônica.
Curta Agroecologia: Segunda, 16h
                                 Sábado, 22h


 
Veja também o noticiário: Em Pauta na Saúde em quatro horários: 4h30, 10h30, 16h30 e 22h30.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis