segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Fase promove capacitação para trabalhadoras domésticas


Comemorando, este ano, os 20 anos do curso de Nutrição, a Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) realizou uma capacitação para trabalhadoras domésticas, em parceria com a Casa da Cidadania de Petrópolis. O curso, realizado na última semana, teve como objetivo promover um aprimoramento profissional para reinserção no mercado de trabalho. Para isso, o grupo aprendeu sobre boas práticas higiênico-sanitárias, manipulação de alimentos com segurança, utilização e reutilização integral dos alimentos, preservando ao máximo os nutrientes, e algumas receitas.

Esta é a segunda vez que a faculdade promove o curso voltado para domésticas. Em 2015, outra turma passou por um treinamento semelhante, resultando na contratação de duas participantes. “É muito gratificante estar ajudando através do nosso conhecimento. Nós percebemos que elas são gratas por estarem tendo essa oportunidade. Na última edição, duas pessoas conseguiram emprego logo em seguida, e nós esperamos que o resultado seja parecido, apesar da crise em que o país se encontra”, diz Caroline Geoffroy, professora do curso de Nutrição da FMP/Fase e responsável pela capacitação.

 
As aulas teóricas e práticas, realizadas no Laboratório de Técnica Dietética da faculdade, buscaram abordar conhecimentos que serão importantes para a atuação profissional das domésticas ao trabalharem no contato direto com os alimentos. “Eu sei que para começar nessa área eu preciso ter conhecimentos, e agora acredito que estarei mais preparada, até porque a exigência hoje em dia está bem grande”, comenta a dona de casa, Teresa dos Reis.

O curso da Fase fez parte de uma programação elaborada pela Casa da Cidadania, instituição que trabalha a inclusão, a promoção e a reinserção social, através de cursos, oficinas e palestras. “Nós sempre buscamos parceria com a Fase e somos muito gratos, porque envolve a participação de muitas pessoas. Nós procuramos abranger outros temas, como a autoestima das mulheres e a legislação trabalhista para não buscar somente trabalho, mas também para melhorar a qualidade de vida dessas pessoas”, explica Carlos Guimarães, secretário executivo da Casa da Cidadania.

A oficina de capacitação de cozinheiras é uma das ações desenvolvidas pela FMP/Fase visando à integração com a comunidade e a promoção de alternativas para a sua autossustentabilidade, uma marca da instituição desde a sua fundação, há 50 anos, em Cascatinha. Ao longo desse tempo, a faculdade vem estreitando ainda mais o vínculo com os moradores petropolitanos, abrindo seus espaços para diferentes vivências e troca de conhecimentos. No Laboratório de Nutrição já foram desenvolvidas diversas oficinas gratuitas, dentre elas a de capacitação de cozinheiros das escolas municipais, em parceria com a Secretaria de Educação, que começou no ano passado e vai formar os cerca de 500 profissionais da rede.
Algumas das receitas ensinadas durante o curso: doce de abóbora e bolo com a casca da abóbora.
 
Aula teórica sobre manipulação correta dos alimentos. 
 
 
 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis