segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Programação da Semana de 02 de setembro a 08 de setembro de 2018


PROGRAMAS PRODUZIDOS PELA FASE TV:

Programa EM QUESTÃO
Tema: Os Impactos na saúde do consumo de álcool e drogas
Os dados não são precisos. Mas estima-se que um terço das internações nos hospitais de todo o Brasil são relacionadas com o consumo de bebidas alcoólicas. O problema é ainda mais concentrado nos atendimentos nos fins de semana, quando até 80% dos pacientes chegam às emergências com complicações da ingestão de álcool. Um problema de saúde pública, que continua sendo tratado com naturalidade. Como se fosse normal ter mais de 10% da população, 22 milhões de brasileiros, dependentes. O Em Questão sobre os impactos na saúde do consumo de álcool e drogas tem a participação do neurologista José Mauro Braz Lima, diretor-geral científico da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas.
Em Questão: Domingo, 21h
Segunda, 15h
Terça, 20h
Quarta, 18h
Quinta, 12h
Sexta, 9h e 21h
Sábado, 12h e 18h

Programa ARTE & CULTURA
Tema: Rodolfo Medeiros: Diversidade em cena
O teatro entrou na vida de Rodolfo Medeiros há 25 anos. Foi um caso de amor que dura até hoje. Ele largou a faculdade de história quase no fim e se dedicou às artes cênicas. É ator, diretor e professor. Há pelo menos 15 anos se dedica a ensinar seu ofício a pessoas com algum tipo de deficiência. Acredita no papel transformador da arte. Empreendedor e idealista, Rodolfo trouxe para Petrópolis uma escola profissionalizante, a primeira do interior do estado do Rio de Janeiro. Em 2012, criou o Festival de Esquetes de Petrópolis, o FEESPE. Em seus espetáculos, coloca em cena a diversidade e discute questões sociais como o racismo.
Arte &Cultura – Domingo, 12h e 18h
Segunda, 18h
Terça, 9h e 21h
Quarta, 15h
Quinta, 20h
Sexta, 18h
Sábado, 9h e 21h

Programa MINUTO FASE
Tema: Curso de Shantala - PICS – USF Estrada da Saudade
A Shantala é uma prática terapêutica que fortalece o vínculo entre os bebês e seus pais. São movimentos e alongamentos que trabalham a musculatura da criança e as articulações. A massagem, de origem indiana, pode ser feita a partir de um mês de vida. Em 2017, a Shantala passou a integrar a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares do Sistema Único de Saúde. A Unidade de Saúde da Família da Estrada da Saudade realizou um minicurso com a participação de mamães, alunos e profissionais da saúde. Eles aprenderam a utilizar a técnica, que proporciona relaxamento e alívio das cólicas, melhora a capacidade respiratória e estimula o bom funcionamento do intestino e do estômago.

Tema: Capacitação Docente 2018.2
A cada novo semestre, os professores da FMP/Fase têm a oportunidade de aprimorar os conhecimentos pedagógicos e refletir sobre diferentes aspectos da educação. A iniciativa faz parte do Programa de Desenvolvimento Docente da faculdade, e é realizado pelo Núcleo Pedagógico. Neste semestre, eles puderam mergulhar um pouco mais na Educação à distância, modalidade que vem crescendo na instituição desde 2016. Além do conteúdo pedagógico, os professores aprenderam técnicas de meditação e de memorização. A qualidade de vida e o papel do docente diante da violência também foram discutidos.

Tema: Circuito Sensorial – 23ª Semana Científica
Uma maneira de aprender ciências com outros tipos de linguagem. Essa foi a proposta do Circuito Sensorial e do Circuito de Anatomia e Fisiologia da vigésima terceira Semana Científica da FMP/Fase. Um andar inteiro para se permitir ir além. Usando todos os cinco sentidos: a visão – para testar a memória, o tato e o olfato – para despertar sensações, o paladar – para testar a sua memória alimentar, e a audição – como guia. Uma brincadeira que terminava em poesia e arte, para entender o corpo humano.

Tema: Riscos e Vulnerabilidades em Saúde da Criança – 23ª Semana Científica
Mulheres grávidas não devem consumir bebidas alcoólicas. O alerta foi feito durante a palestra sobre o papel dos enfermeiros na promoção da saúde da criança, que discutiu como o profissional da enfermagem pode atuar nas políticas públicas de prevenção. O evento fez parte da programação da 23ª Semana Científica da FMP/Fase. As enfermeiras, Elisa Rodrigues e Jurema Gouveia, apresentaram o cenário de riscos e vulnerabilidades para os pequenos. Entre os problemas apresentados, uma das questões mais preocupantes é a Síndrome Alcoólica Fetal, considerada a maior causa de déficit intelectual prevenível no mundo. O cérebro e o coração do feto são os mais afetados pela ingestão de álcool na gravidez. Também pode haver diminuição do crescimento e deformidades na face. Mesmo quando não há sinais visíveis da síndrome, a criança pode sofrer de déficit de atenção e hiperatividade, manifestando ao longo da vida dificuldades na aprendizagem e alterações no comportamento. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, um estudo realizado em São Paulo com quase duas mil mulheres apontou que 33% consumiram bebida alcoólica em algum momento da gestação.
Minuto Fase: Nos intervalos, ao longo da programação.

Programa AO REDOR
Tema: Frevo
O programa apresenta a riqueza do frevo, intitulado pela Unesco como Patrimônio Imaterial da Humanidade. Marca registrada do carnaval pernambucano, a manifestação cultural é, na verdade, praticada durante todo o ano pelas comunidades tradicionais, que se dedicam ao desenvolvimento, à preservação e à transmissão de seus conhecimentos. O episódio narra a história da evolução do frevo, a partir da mistura de música, dança, capoeira e artesanato.
Ao Redor: Terça, 14h30
Sexta, 10h
Domingo, 13h

Programa COMO VAI VOCÊ?
Tema: Egressos de Medicina – Turma de 1975 - Pedro Clóvis Junqueira Filho – Hematologista
Filho de um dos fundadores da Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e expoente nacional no que se refere à evolução da transfusão de sangue, Pedro Clóvis Junqueira Filho seguiu os passos do pai e dedicou a carreira à hematologia. Pedro se formou em Medicina na FMP, em 1975, e implantou o serviço de hemoterapia do Hospital Santa Teresa, em Petrópolis. Ele fala da emoção do reencontro com a turma e da gratidão à formação que recebeu na faculdade.
"Como vai você?": Nos intervalos, ao longo da programação.

FAIXA INTERATIVA

5 – Dia da Amazônia

6 - Dia Internacional de ação pela igualdade da Mulher

DOMINGO: Em Questão – Fome de Conhecimento

SEGUNDA: Em Questão - O Feminismo na Era Digital (CoFem - Coletivo Feminista)

TERÇA: Em Questão - Biopolítica

QUARTA: Em Questão - Aborto e Saúde Pública

QUINTA: Em Questão - Equidade

SEXTA: Em Questão – Empreendedorismo feminino

SÁBADO: Em Questão – Fome de Humanidade

Faixa Interativa: Diariamente em quatro horários: 5h, 11h, 17h e 23h

PROGRAMAS PRODUZIDOS POR PARCEIROS DA FASE TV:

Programa TOME CIÊNCIA
Tema: Alternativas energéticas em combustão
A possibilidade de crescimento da produção brasileira de petróleo na plataforma continental, não garante o futuro do Brasil dentro de um quadro mundial de preocupação com as condições climáticas. Mas o biodiesel e o etanol produzido a partir da cana-de-açúcar, menos poluentes e festejados como solução, já enfrentam várias acusações, de responsáveis pelo aumento mundial dos preços de alimentos à perda de biodiversidade no planeta. As pesquisas com o biocombustível avançam dentro dos laboratórios científicos e a contribuição do conhecimento é cada vez maior para o entendimento das implicações comerciais e ambientais que cercam esse assunto. Para tentar entender qual será futuro das alternativas energéticas no Brasil e no mundo, o programa convidou especialistas diretamente envolvidos com o dia-a-dia do ramo, verdadeiros doutores em energia.
Tome Ciência: Quarta, 21h
Domingo, 15h

Programa LIGADO EM SAÚDE
Tema: Tuberculose Extrapulmonar
A tuberculose pode atacar outros órgãos além do pulmão. Por ser mais rara, a tuberculose extrapulmonar é mais difícil de diagnosticar. O Ligado em Saúde mostrou os tipos de tuberculose extrapulmonar mais comuns, além de apontar os sintomas e explicar como é o tratamento da doença. Para esclarecer as dúvidas sobre o assunto, a apresentadora Marcela Morato conversou com a enfermeira do Centro de Referência Professor Hélio Fraga e mestre em Epidemiologia em Saúde Pública no controle da Tuberculose, Suzanne Pereira Leite.
Ligado em Saúde: Terça, 8h
Quarta, 14h
Domingo, 19h30

Programa CIÊNCIA & LETRAS
Tema: Não me toca, seu boboca!
O apresentador Renato Farias conversa com a autora do livro, escritora, tradutora, locutora e contadora de histórias, Andrea Viviane Taubman e com a psicóloga do TJ - RJ, Glicia Brazil sobre como surgiu a ideia de escrever o livro "Não me Toca, seu Boboca !, que trata de um assunto delicado e urgente: o abuso sexual infantil.
Ciência & Letras: Domingo, 14h
Segunda, 13h
Quinta, 19h30

Programa CANAL SAÚDE NA ESTRADA
Tema: GO - São Luís de Montes Belos e Goiânia
O Canal Saúde na Estrada foi para Goiás mostrar uma ferramenta inovadora para o Sistema Único de Saúde, o Conecta SUS. Em São Luís de Montes Belos, cidade do interior de Goiania, agentes de saúde fazem visitas as moradoras para lembra - las de como é importante fazer periodicamente o exame do papanicolau. Essas visitas foram necessárias devido ao baixo índice de procura por este exame nos postos de saúde da região. Esses baixos índices foram detectados graças ao programa Conecta SUS que foi criado para ser trabalhado em tempo real com as secretarias de saúde com dados sobre a saúde da população feminina no Estado.
Canal Saúde na Estrada: Segunda, 19h
Sábado, 14h30

Programa EM FAMÍLIA
Tema: Família de Pescadores
No Brasil, a atividade pesqueira é a fonte de renda para aproximadamente 1 milhão de famílias. São as famílias de pescadores. A apresentadora Yasmine Saboya conversa mais sobre o assunto com o pescador, José MAnoel Pereira Rebouças, com o representante da Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro (Fiperj), Carlos Eduardo Coutinho e com a pescadora, Mircilene dos Santos Rodrigues.
Em Família: Quarta, 16h
Domingo, 22h

Programa UNIDIVERSIDADE
Tema: Cultura Suburbana
Em qualquer metrópole, o subúrbio é formado por bairros afastados do centro. No Rio de Janeiro isso não é diferente. O que talvez seja diferente é a riqueza da cultura no subúrbio do Rio, o que pode ser visto nesta edição do Unidiversidade.
Unidiversidade: Quinta, 16h
Domingo, 14h30

Programa HISTÓRIAS DE MÃE
Tema: Aleitamento Materno e Banco de leite
No Histórias de Mãe, será abordado o tema aleitamento materno e também como funciona o Banco de leite, do Hospital Unimed.
Histórias de Mãe: Quarta, 20h30
Domingo, 13h30

Programa FASE.DOC
Tema: Após 30 anos, xilogravuras da Declaração dos Direitos Humanos são expostas no Brasil A ONU Brasil realizou em agosto uma exposição no Rio de Janeiro com obras do artista paulistano Otávio Roth, que em 1978 criou e imprimiu xilogravuras que ilustram os trinta artigos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. É a primeira vez em mais de 30 anos que as xilogravuras — expostas permanentemente nas sedes da Organização em Nova Iorque, Viena e Genebra — têm exibição no país. Em entrevista ao Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio), a filha do artista, Isabel Roth, falou sobre o legado de Otávio e suas contribuições para a divulgação da Declaração, que completa 70 anos em 2018, e do trabalho das Nações Unidas globalmente.

Tema: Lições da Amazônia
Lições da Amazônia: Em busca de um futuro sustentável para florestas e pessoas. A floresta amazônica abriga parte da mais rica biodiversidade do mundo. Ela armazena grandes quantidades de carbono e regula o clima e as chuvas em uma ampla área. Mas também é lar de mais de 30 milhões de pessoas em nove países sul-americanos, muitas das quais dependem da floresta para sobreviver. A pesquisa do CIFOR na região tem como objetivo esclarecer como as florestas podem ser usadas de maneiras mais sustentáveis e, ao mesmo tempo, melhorar a vida dos moradores mais pobres.

Tema: Onu Mulheres – Pequim + Graffiti
A Conferência Mundial Sobre as Mulheres, realizada em 1995 na China, foi um marco recente na luta pela igualdade de gênero. A Declaração de Pequim identificou doze áreas de preocupação prioritária: a crescente proporção de mulheres em situação de pobreza (a feminização da pobreza); a desigualdade no acesso à educação e à capacitação; a desigualdade no acesso aos serviços de saúde; a violência contra a mulher; os efeitos dos conflitos armados sobre a mulher; a desigualdade quanto à participação nas estruturas econômicas, nas atividades produtivas e no acesso a recursos; a desigualdade em relação à participação no poder político. A Plataforma de Ação de Pequim consagrou três inovações dotadas de grande potencial transformador na luta pela promoção da situação e dos direitos da mulher: o conceito de gênero, a noção de empoderamento e o enfoque da transversalidade. A ONU Mulheres, em parceria com a Rede Nami e a Secretaria de Estado de Mulher do Distrito Federal, realizou evento com artistas para a grafitagem de 12 painéis com os temas da Plataforma. Um documento que, apesar de ter sido criado há 23 anos, continua atual.
FASE.DOC: Terça, 18h Domingo, 20h

Programa SALA DE CONVIDADOS
Tema: Austeridade Fiscal e Mortalidade Infantil
Um estudo realizado por pesquisadores de instituições de diversos países, entre elas a Fiocruz, o Imperial College London e a Universidade Federal da Bahia, mostrou que a mortalidade infantil pode aumentar por causa de medidas de austeridade. A redução de programas de proteção social e daqueles voltados para a atenção básica à saúde pode aumentar em 8,6% o número de mortes evitáveis entre crianças menores de cinco anos até 2030. O Sala de Convidados explica os dados da pesquisa e discute o impacto das medidas de austeridade na mortalidade infantil no Brasil.
Sala de Convidados: Segunda, 21h
Sábado, 15h

Programa: BATE-PAPO NA SAÚDE
Tema: Fake News
A tradução literal seria notícias falsas, mas o leque abrangido pelo termo Fake News vem se ampliando. De boatos que correm pelas redes sociais a noticias antigas apresentadas como recentes, passando por manchetes enganosas e dados falsos, o fenômeno da disseminação dessas mentiras vem se tornando cada vez mais perigoso. Na área da saúde a situação é particularmente danosa, como se pôde observar recentemente em casos como o da circulação de boatos sobre a vacina da febre amarela que dificultaram a adesão da população à campanha. Para se aprofundar no assunto, o apresentador Paulo Bellardi conversa com o pesquisador do Laboratório de Comunicação e Saúde (Laces/Icict/Fiocruz), Igor Sacramento, e a ativista da ONG Oncoguia, Maria Paula.
Bate-papo na Saúde: Quinta, 8h30
Sábado, 19h

Programa: CURTA AGROECOLOGIA
Tema: Sementes e História / Coragem é um dom
Região Centro Sul do Paraná, que abrange basicamente a agricultura familiar. 90% da região tem como problema a questão da cultura do fumo, uso de agrotóxicos, sementes trangênitas, que é o caso do milho e vem desenvolvendo a conservação e a multiplicação das sementes crioulas, tanto de milho,feijão,arroz,trigo e batata e estão tentando fazer com que essas variedades continuem fazendo a diversificação dentro das propriedades. Sítio Girau, Remanso, BA, região muito seca, onde os criadores de animais, retiram o leite das cabras para fazerem queijos para venderem como meio de sobrevivência.
Curta Agroecologia: Segunda, 16h
Sábado, 22h

Veja também o noticiário: Em Pauta na Saúde em quatro horários: 4h30, 10h30, 16h30 e 22h30.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis