segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Bombeiros Militares recebem atendimentos psicológicos gratuitos em parceria com a FMP/Fase


O dia a dia de um bombeiro militar é marcado por vários acontecimentos que mexem diretamente com o emocional. Certamente, pela própria natureza de suas atividades – apagar incêndios, socorrer vítimas de acidentes e atropelamentos, resgates em matas fechadas, intervir em tentativas de suicídios, dentre tantas outras –, esses profissionais estão, de alguma forma, muito mais expostos a situações de extremo desgaste físico e emocional do que outras pessoas.

Pensando no bem-estar mental desses profissionais, a Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) firmou uma parceria com o 15º Grupamento de Bombeiros Militar, em março deste ano. Durante a inauguração do Núcleo de Saúde do 15º GBM, no último dia 09 de novembro, a psicanalista e professora da FMP/Fase, Virgínia Ferreira, coordenadora do Curso de Especialização em Psicologia Clínica com ênfase nas Perspectivas Breves, foi homenageada com uma placa de agradecimento pelo apoio irrestrito dado aos bombeiros, com os atendimentos psicológicos realizados, que já estão dando resultados positivos.

“Lidar com o sofrimento psíquico do outro é uma atividade muito delicada e complexa. O nosso objetivo com o projeto do curso, em última instância, é de contribuir para a construção de uma sociedade melhor, restituindo a todos aqueles que sofrem e nos procuram, a saúde e o bem-estar um dia perdidos. A homenagem dos bombeiros é o ‘atestado’ de que estamos conseguindo alcançar nosso objetivo. Desta forma, continuaremos com determinação seguindo nosso propósito, prestando atendimentos a todos aqueles que precisam”, comenta Virgínia Ferreira.

Os militares são atendidos gratuitamente por profissionais psicólogos, alunos do curso de especialização em Psicologia Clínica com ênfase nas Perspectivas Breves da FMP/Fase, criado em 2009, que tem o objetivo de formar profissionais para realizar atendimentos breves em instituições e em consultórios particulares, além de disponibilizar atendimentos inteiramente gratuitos à população carente, que tem algum tipo de sofrimento psíquico, mas que não dispõe de tempo e dinheiro para custear o tratamento.

“O trabalho com os militares e familiares é realizado da mesma forma que a todo e qualquer outro paciente. Entretanto, ressalto a especificidade de estarmos atendendo a uma Corporação que tem a função de socorrer e de salvar vidas e que, para tanto, necessariamente, coloca sua vida em risco”, explica a coordenadora do curso de Especialização da FMP/Fase.

Os atendimentos psicológicos realizados pelos alunos da FMP/Fase durante o curso são realizados no Ambulatório Escola da FMP/Fase, em Cascatinha, na unidade do 15º Grupamento de Bombeiros Militar e em consultórios particulares. Onde quer que os alunos atendam, o serviço é inteiramente gratuito. A 5ª turma do curso de especialização já está com as inscrições abertas no site: www.fmpfase.edu.br, com aulas previstas para início em março de 2019.
 


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis