segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Fase vai sediar 12º Simpósio Brasileiro de Farmacognosia e Farmacobotânica


Petrópolis vai receber dois importantes eventos este ano. De 07 a 10 de maio, a Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) vai sediar o 12º Simpósio Brasileiro de Farmacognosia e o 17º Simpósio Latinoamericano de Farmacobotânica. A programação dos eventos foi especialmente pensada para trazer temas atuais e relevantes ao estudo dos Produtos Naturais.

Os dois simpósios visam o intercâmbio de conhecimentos e experiências entre pesquisadores, professores e estudantes das áreas de plantas medicinais e produtos naturais relacionados à Farmacognosia e à Farmacobotânica.

“A realização dos eventos em Petrópolis irá mostrar aos participantes de várias regiões do Brasil e do exterior uma outra face do Estado do Rio de Janeiro. A maioria dos eventos científicos ocorre na capital fluminense. Porém, o Estado possui várias outras regiões de inigualável beleza natural, com diversos atrativos e infraestrutura adequada. A cidade imperial tem enorme patrimônio histórico e cultural, além de estar situada na Região Serrana, com Mata Atlântica preservada, rica em biodiversidade e fonte de produtos naturais com potencial farmacológico. Dessa forma, o evento tem também como finalidade divulgar os atrativos e o potencial de Petrópolis”, explica Leopoldo C. Baratto, presidente da Sociedade Brasileira de Farmacognosia. 

O Simpósio Brasileiro de Farmacognosia teve início em 1997, em Araraquara-SP. Essa é a primeira vez que o evento será realizado no estado do Rio de Janeiro. Esse ano serão 38 convidados internacionais e nacionais, que participarão de conferências, mesas-redondas, debates, minicursos e oficinas.

“O evento pretende criar oportunidades para o estabelecimento de cooperações intra e interinstitucionais, criando um ambiente de encontro para os professores, estudantes, profissionais, empresários e gestores de ciência, tecnologia e inovação, de onde possam sair sugestões e soluções para temas relevantes como o ensino da Farmacognosia, pesquisa, biodiversidade, biofármacos, legislação, propriedade intelectual, patentes, inovação, desenvolvimento biotecnológico, parcerias e cooperações nacionais e internacionais. Também, o Simpósio irá contribuir para a formação de recursos humanos no país em nível de graduação e pós-graduação, fortalecendo a pesquisa em Farmacognosia, tendo em vista que pesquisadores de renome nacional e internacional estarão entre os palestrantes”, destaca Baratto.

A rica programação contemplará palestras sobre o tema Conservação, Biodiversidade e Biomas Brasileiros, onde se pretende debater a importância da pesquisa científica com a flora nativa, buscando formas de gerar produtos e ao mesmo tempo preservando o meio ambiente. Alguns palestrantes abordarão técnicas analíticas modernas de produtos naturais, mostrando os avanços na área e de que forma essas novidades podem favorecer a pesquisa e a inovação no estudo de plantas medicinais. Aos interessados por Fitoterapia, serão ministradas palestras abordando o tema Síndrome Metabólica, Fitoterapia no SUS e uma oficina sobre Jardins Terapêuticos.

Os eventos também contarão com apresentação de trabalhos científicos na forma de painéis e Comunicações Orais, permitindo que os melhores trabalhos de alunos de iniciação científica e pós-graduandos possam ser apresentados. Os interessados em participar, podem inscrever suas pesquisas até o próximo dia 28 de fevereiro. Além disso, serão realizadas miniconferências, com espaço para professores de Farmacognosia e Farmacobotânica apresentarem suas pesquisas, dando oportunidade sobretudo aos jovens pesquisadores. A programação completa e outras informações devem ser acessadas no site: www.sbfgnosia.org.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis