segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Programação FASE TV - De 27 de setembro a 03 de outubro

Programa EM QUESTÃO   

Tema: Série Nutrição nos Ciclos da Vida – Alimentação na Fase Adulta e na Terceira Idade
  •  Segundo a Organização Mundial da Saúde, a alimentação inadequada está diretamente relacionada a doenças crônicas, como diabetes e hipertensão. Há ainda uma relação importante entre o que comemos e o risco de infartos e derrames. O padrão alimentar, também está na lista de fatores que levam a determinados tipos de câncer, principalmente os ligados ao sistema digestivo e ao intestino. O episódio que encerra a série Alimentação nos Diferentes Ciclos de Vida aborda a fase adulta e a terceira idade, com a participação da nutricionista Júlia Ramos.
Em Questão: Segunda, 20h
                    Terça, 21h30
                    Quarta, 22h30
                    Quinta, 21h30
                    Sexta, 22h
                    Sábado, 14h30
                    Domingo, 13h e 22h30

Programa ARTE & CULTURA 

Tema: Quarteto Kawabanga
  • O programa apresenta o Quarteto Kawabanga. Criado em 2011 por músicos experientes, vindos de outros grupos reconhecidos de Petrópolis, como o Taruíra e o Chutando o Balde, o quarteto é formado por João Felippe Ramos (cavaquinho e cavaco de 5 cordas), Guto Menezes (violão, cavaquinho e viola caipira), Leandro Mattos (pandeiro e percussão) e Yuri Garrido (bateria e percussão). Com repertório eclético que revisita clássicos da MPB, do baião à bossa nova, o grupo também garante nova roupagem a músicas internacionais e aposta em canções autorais. No episódio, os músicos falam da parceria dentro e fora do palco.
Arte & Cultura – Segunda, 21h30
                           Terça, 20h
                           Quarta, 20h30 
                           Quinta, 22h30
                           Sábado, 17h
                           Domingo, 20h30

Programa MINUTO FASE 

Tema: Semana de Nutrição 2015
  • O episódio mostra como foi a edição 2015 da Semana de Nutrição da FMP/Fase, que abordou a importância da alimentação adequada nos diferentes ciclos da vida, da infância à terceira idade. Nas palestras e mesas redondas, foram debatidas as necessidades nutricionais de cada fase, com ênfase na prevenção. O evento contou com a participação de profissionais de destaque de todo o país.
Minuto Fase: Nos intervalos, ao longo da programação.

Programa FAIXA INTERATIVA – Em Questão 

Tema: As Grandes Epidemias
  • A devastação de regiões inteiras da África Ocidental pelo Ebola acionou novamente o alerta das autoridades sanitárias internacionais. A Organização Mundial de Saúde está trabalhando com outras agências de ajuda das Nações Unidas para tentar conter o avanço do vírus, além de tratar os doentes, dar suporte às famílias e evitar o caos econômico dos países atingidos. A história da humanidade é marcada por tragédias humanitárias causadas por grandes epidemias: a peste negra, a gripe espanhola, o sarampo, a malária, a febre amarela, o tifo, a poliomielite, a aids e a gripe H1N1. O Em Questão debate o assunto com o infectologista Luis Arnaldo Magdalena Pereira, médico do Departamento de Doenças Infecto Parasitárias (DIP).
Faixa Interativa: Diariamente em três horários: 7h, 12h e 19h

Programa AO REDOR

Tema: Lâmpadas solares de garrafa
  • O programa acompanha a história de um empreendedor social das Filipinas que conseguiu, de forma simples e barata, diminuir o sofrimento das famílias que não tem acesso à energia: As lâmpadas solares de garrafa. Uma tecnologia desenvolvida com a ajuda de jovens universitários dos Estados Unidos.
Ao Redor: Terça, 11h
                 Quinta, 20h30
                 Domingo, 22h

Programas produzidos por parceiros da FASE TV:

 Programa TOME CIÊNCIA 

Tema: Inclusão no nosso mundo digital
  • Ir ao caixa eletrônico e passar o cartão na máquina é algo aparentemente simples para quem assimilou o raciocínio de quem criou aquela máquina. Para quem se candidata a um emprego, o uso do computador pode ser decisivo na conquista da vaga. Atualmente, quem não tem acesso à internet ou ao uso de computadores é, de certa forma, um analfabeto; um analfabeto digital. Também chamada por alguns de apartheid digital, a exclusão digital ainda é uma realidade em nosso país: 100 milhões de pessoas ainda não acessam internet no Brasil, pelo menos até 2008, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. Um desequilíbrio que levou o então presidente Lula, no final de 2009, a afirmar que a inclusão digital, da mesma forma como a inclusão social, deve ser encarada como uma prioridade nacional, o que levou o governo a acelerar providências para implantar a banda larga em todo o país. Mas existem sinais de melhoras e o Brasil já tem a maior média mundial de tempo de acesso. O que não representa dizer bom uso das ferramentas, pois até a existência de computadores não garante necessariamente a qualidade do ensino. Os especialistas convidados debatem as formas de utilizar esse novo mundo das comunicações: inclusão digital, computador em sala de aula, programas livres ou nacionais, educação a distância e interatividade da TV digital. Afinal, como a tecnologia pode mudar nossas vidas? O conteúdo deste programa foi sugerido pela Sociedade Brasileira de Computação, que é vinculada à Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência – a SBPC e, nesta condição, integra o conselho científico do Tome Ciência.
Tome Ciência: Quarta, 16h
                      Domingo, 14h

Programa LIGADO EM SAÚDE

Tema: Novas regras para o parto normal na saúde suplementar
  • O Brasil é campeão de cesarianas no mundo. Na rede pública, cerca de 40% dos partos realizados são cesáreos. Na rede privada, esse índice sobe para 80%. Por isso, o Ministério da Saúde e a Agência Nacional Suplementar divulgaram uma solução para estimular o parto normal na rede privada. No programa de hoje, você vai saber sobre essas novas recomendações e a importância da informação para que a gestante possa assumir o protagonismo desse momento tão importante que é o nascimento.
Programa Ligado em Saúde: Terça, 21h
                                            Quarta, 10h
                                            Sábado, 11h 

Programa CIÊNCIA & LETRAS 

Tema: Castro Alves
  • "Era um sonho dantesco... O tombadilho que das luzernas avermelha o brilho, em sangue a se banhar. Tinir de ferros... estalar do açoite... legiões de homens negros como a noite, Horrendos a dançar”. O trecho do livro Tragédia no Mar (O Navio Negreiro) abre o programa dedicado a Castro Alves, o “poeta dos escravos”. O poema escrito em 1868 denuncia a miséria a que eram submetidos os africanos na travessia oceânica.
Ciência & Letras: Domingo, 15h 
                           Segunda, 22h30
                           Quinta, 20h

Programa NA ESTRADA
 
Tema: João Pessoa - PB
  • O episódio mostra as práticas alternativas e complementares que são oferecidas à população da capital paraibana através do Sistema Único de Saúde.
Canal Saúde na Estrada: Segunda, 16h30
                                      Terça, 23h

Programa EM FAMÍLIA 

Tema: Conselheiros de Saúde
  • O que querem dizer milhões de brasileiros quando saem às ruas para questionar a forma como a democracia representativa está sendo conduzida por nossa classe política? Mas, além das manifestações, existem outras formas de influenciar decisões. Um exemplo disso são os conselhos de saúde espalhados por todo o país.
Em Família: Quarta, 20h
                   Domingo, 16h
                  Sábado, 22h

Programa UNIDIVERSIDADE

Tema: Casa do cachorro preto
  • Você já ouviu falar sobre A Casa do Cachorro Preto? O Unidiversidade mostra esse interessante espaço cultural destinado a diferentes experimentações artísticas que vão das artes plásticas à música, passando pelo design, o teatro e o cinema, em Olinda, Pernambuco.
Unidiversidade: Terça, 10h 
                        Quinta, 18h
                        Domingo, 10h e 16h30

Veja também os noticiários: Resumo da ONU e Jornal da Saúde em 4 horários: 6h35, 11h35, 18h35 e 23h35.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Departamento de Comunicação Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis